Ramos cumpre tradição de pôr cachecol na estárua de Cibeles

  • Por Agencia EFE
  • 25/05/2014 02h15

Madri, 25 mai (EFE).- Milhares de torcedores do Real Madrid aguentaram até quase o amanhecer deste domingo para comemorar com sua equipe a consecução de um sonho largamente esperado, a conquista de sua décima Champions League, celebração que teve seu momento culminante quando Sergio Ramos colocou o cachecol com as cores do Real na deusa Cibeles.

O Real Madrid chegou à praça de Cibeles por volta das 6 da manhã (1h em Brasília) após passar triunfante pelo Paseo de la Castellana e Paseo de Recoletos desde o estádio Santiago Bernabéu, onde deixaram o ônibus que levou o time do aeroporto Adolfo Suárez para um carro descoberto no qual fizeram o percurso recebendo o carinho de sua torcida.

Após fazer uma entrada triunfal na praça, os jogadores do Real, com seu treinador, Carlo Ancelotti, à frente levando a Copa conquistada em Lisboa, subiram à passarela montada ao redor da Fuente de la Cibeles para saudar os torcedores que abarrotavam a praça e arredores.

Após dar toda a volta à fonte chegou o ponto alto da comemoração em sua praça talismã. Iker Casillas, como capitão da equipe, agradeceu primeiro à torcida sua presença até altas horas da madrugada para celebrar com eles o título europeu e subiu, junto com Sergio Ramos, a uma estrutura montada para colocar o cachecol na estátua e uma bandeira com as cores do Real Madrid.

Foi finalmente o zagueiro o encarregado de cumprir com a tradição entre o delírio dos milhares de torcedores que esperaram pacientemente mais de seis horas a chegada de seus heróis.

Após isso, o time se retirou para descansar e voltar com sua torcida em uma festa que o clube preparou este domingo. EFE

jsg/ma