Real Madrid tem mais um recurso rejeitado por eliminação da Copa do Rei

  • Por Agência EFE
  • 11/12/2015 14h49
A escalação irregular de Denis Cheryshev custou ao Real Madrid a participação na Copa do Rei da Espanha

O Tribunal Administrativo do Esporte (TAD), órgão ligado ao governo da Espanha, rejeitou nesta sexta-feira o recurso do Real Madrid, contra a decisão da Corte de Apelação da federação local, de desclassificar o clube da Copa do Rei.

Na semana passada, o time comandado por Rafa Benítez colocou o meia russo Denis Cherysev em campo na partida de ida contra o Cádiz, mas o jogador estava suspenso, por causa de acúmulo de cartões amarelos na temporada passada, quando ainda jogava no Villarreal. Mesmo com a vitória por 3 a 1, a eliminação foi decretada.

“O Tribunal, uma vez analisados os argumentos do recorrente e a documentação recebida da federação, decidiu não conceder a medida cautelar solicitada pelo clube, por não se encaixar nos requisitos exigidos pela legislação vigente, sem que isso suponha um pronunciamento profundo sobre o recurso”, diz nota do TAD.

O próprio rogão governamental admitiu que não tem todos os documentos para deliberar sobre o assunto, e que o Real Madrid precisa solicitar ao Comitê de Apelação, um relatório sobre a punição, e depois que o Cádiz também fizer alegações, possa haver um julgamento.

O próprio TAD admite que tentará acelerar todo o processo para dar uma sentença mais rapidamente. O jogo de volta entre Real Madrid e Cádiz, no estádio Santiago Bernabéu, aconteceria na próxima quarta-feira.