Relembre momento do acidente fatal de Ayrton Senna

  • Por Jovem Pan
  • 01/05/2014 16h53
***20 ANOS DA MORTE DE AYRTON SENNA*** Automobilismo - Fórmula 1 - GP do Brasil, 1994: o piloto brasileiro Ayrton Senna, que em 27 de março de 1994 disputa a sua primeira corrida pela Williams, equipe campeã nas duas últimas temporadas, no box ocupado pelo time no treino em Interlagos, em São Paulo (SP). Senna conquistou a pole position para o GP Brasil, que abre às 13h a temporada de 1994 de Fórmula 1. (São Paulo, SP, 26.03.1994. Foto de Pisco Del Gaiso/Folhapress) lightbox Ayrton Senna ORG XMIT: AGEN1011272046457637 Folhapress 20 anos sem Senna: relembre imagens históricas do piloto brasileiro

Há exatos 20 anos o mundo e o Brasil perdiam o seu maior ídolo do automobilismo. Na sétima volta do Grande Prêmio de San Marino, no circuito de Ímola, Ayrton Senna defendia a liderança contra o então jovem Michael Schumacher quando perdeu o controle de sua Williams na curva Tamburello e bateu forte no muro de concreto.

A Jovem Pan estava acompanhando a corrida em 1994 com narração de Nilson César e comentários de Claudio Carsughi, onde ambos demonstraram grande preocupação logo após o acidente, pedindo que os ouvintes orassem pela vida de Senna.

Cesar destacou os momentos de tensão que o tricampeão mundial e os demais pilotos estavam passando naquele fim de semana. Na sexta-feira, Rubens Barrichelo havia sofrido um grave acidente, onde quebrou o nariz e ficou impossibilitado de correr. Já no sábado, o piloto austríaco Roland Ratzenberger morreu após bater forte na curva Villeneuve.

Senna demonstrava apreensão e liderou os pilotos para o pedido de melhores condições de segurança no circuito, ameaçando não correr caso não fossem tomadas as medidas necessárias. Ele e os seus colegas concordaram em correr e que acabaria de forma trágica para a tristeza de todos.

“Só pode ter havido um problema mecânico. O Senna é um piloto habilidoso e nunca cometeria um erro primário desses”, disse Carsughi durante a transmissão.

As suspeitas do comentarista se mostraram certas mais a frente, quando a perícia confirmou a quebra da coluna de direção do carro do brasileiro como fator principal da tragédia que o transformou numa lenda, cultuado por milhões de fãs ao redor do globo.