Remédios caseiros: quais as opções de Osorio se Alexandre Pato sair?

  • Por Jovem Pan
  • 31/08/2015 12h28
Com sondagens do exterior

Autor de oito dos vinte e nove gols do São Paulo no Campeonato Brasileiro 2015, Alexandre Pato pode deixar o tricolor nessas últimas horas da janela de transferência europeia. Mais do que a artilharia no Brasileirão, Pato é o maior goleador da equipe de Juan Carlos Osorio na temporada com vinte e um gols.

Com o técnico colombiano, Pato se tornou protagonista no São Paulo, passou a jogar bem, se destacou com os gols e já não recebe toda a rejeição de outros tempos por parte da torcida. Caso deixe a equipe do Morumbi, o camisa 11 deixará uma lacuna na equipe, e dará uma tremenda dor de cabeça ao treinador. Com sondagens do futebol inglês, Pato preocupa os são-paulinos principalmente por não ver no elenco um jogador que faça o papel do atacante.

Pensando na possível saída de Pato nas próximas horas, o Jovem Pan Online listou soluções dentro do elenco tricolor para substituir o artilheiro do São Paulo.

Alan Kardec: recuperando-se de lesão após cirurgia no joelho no início da temporada, Kardec pode ser o substituído natural de Pato no elenco tricolor. Acostumado a exercer várias funções no setor de ataque, o camisa 14 não tem a velocidade e a habilidade de Pato, mas sempre se mostrou versátil e fazedor de gols.

Centurión: contratado como grande esperança, o argentino não emplacou com a camisa são-paulina, mas pode ser uma boa opção para o lugar de Pato em caso de negociação do camisa 11. Veloz e com muita disposição, Centurión se destacou no Racing jogando pelo lado do campo, função parecida com a exercida por Pato hoje no Morumbi.

João Paulo: a solução caseira para uma possível saída de Alexandre Pato seria apostar no jovem João Paulo, de 18 anos. Canhoto, João Paulo foi destaque tricolor na Copa São Paulo de 2015.

Wilder Guizao: contratado após indicação de Osorio, Wilder ainda não mostrou muito com a camisa tricolor, mas indicou que pode se destacar pela versatilidade dentro de campo e poderia suprir a ausência de Pato.

Mudança de esquema: a saída de Alexandre Pato poderia ter consequências drásticas no esquema tático de Osorio do meio para frente. Se não se contentar com nenhuma das opções de atacantes dentro de seu elenco, o técnico colombiano poderia promover alteração no posicionamento de alguns jogadores. Uma das opções táticas seria adiantar Michel Bastos para uma função de ponta e promover a entrada de Wesley. Desse modo, o meio campo e o ataque são-paulino teria Thiago Mendes, Hudson, Wesley, ganso e Michel Bastos, e Luis Fabiano.