“Richarlyson cativou todo mundo e já exerce liderança no Guarani”, revela Vadão

  • Por Jovem Pan
  • 22/06/2017 11h49 - Atualizado em 29/06/2017 01h03

RicharlysonRicharlyson

Apresentado em meio a protestos da torcidaRicharlyson precisou de apenas 30 dias para conquistar o elenco do Guarani. Mesmo tendo estreado somente na última terça-feira, no empate sem gols com o Oeste, devido a um imbróglio que atrasou a sua regularização na CBF, o meio-campista de 34 anos já é um dos líderes do time de Campinas. 

Foi isto, pelo menos, o que revelou o técnico do Guarani.

Em entrevista exclusiva a José Manoel de Barros que vai ao ar no próximo fim de semana, na Rádio Jovem Pan, Vadão rasgou elogios ao ex-são-paulino e contou que, em pouco mais de um mês, ele já se tornou um dos jogadores mais importantes do elenco bugrino.

Richarlyson é um jogador muito experiente. Ficamos muito satisfeitos com a contratação dele. Vai colaborar bastante, porque é um cara que tem muita qualidade e proporciona um ambiente muito bom ao grupo“, elogiou.

Segundo Vadão, Richarlyson já exerce, ao lado do também experiente Fumagalli, um papel de comando no elenco bugrino. 

Ele cativou todo mundo e já exerce uma liderança dentro do Guarani. Entendemos que, com elecom Fumagalli com os outros jogadores, podemos fazer uma campanha para brigar pelo acesso à Série A”.

O retorno à elite nacional, por sinal, parece ser algo palpável para o GuaraniNeste momento, o time de Campinas ocupa a segunda posição da Série B, com 16 pontos – foram cinco vitórias, um empate e três derrotas em nove jogos. Segundo Vadão, o objetivo do Bugre é o de manter essa média de pontos até o fim da competição. Com ela, nas contas do técnico, o acesso será conquistado  desde 2010 o Guarani não disputa a Série A.

Normalmente, dá para subir com 63 pontos. Então, o importante ao longo do campeonato é manter uma média de pontos que vai te levar a esse número de 63 na 38ª rodada. Independente de estar no G-4 ou não, o mais importante é manter um nível bom de pontuação. Estipulamos minimetas de seis em seis jogos para que mantenhamos a concentração“, explicou.

Em bom momento, e possivelmente com Richarlyson em campo, o Guarani volta à ativa no próximo sábado, às 19h (de Brasília). O jogo será contra o Náutico, no Brinco de Ouro da Princesa. O time pernambucano vive péssima fase e é simplesmente o lanterna da Série B, com sete derrotas e dois empates em nove rodadas.