Robinho marca o primeiro gol em seu retorno, Santos bate Londrina e avança

  • Por Jovem Pan
  • 14/08/2014 21h32

Robinho abriu o placar para o Santos e ajudou a equipe a se classificar contra o Londrina

Robinho comemora gol do Santos contra o Londrina

Depois de perder o jogo de ida pelo placar de 2 a 1, o Santos entrou em campo na noite desta quinta-feira (14), na Vila Belmiro, para tentar reverter o resultado no confronto contra o Londrina e avançar para as oitavas de final da Copa do Brasil. E mesmo não mostrando um futebol muito inspirado o jogo inteiro, a equipe mandante fez a lição de casa no segundo tempo e, com direito a gol de Robinho, venceu por 2 a 0 e seguiu adiante.

O primeiro tempo terminou sem gols. No segundo tempo, Robinho fez o primeiro gol do jogo e o primeiro em seu retorno do Santos, e Rildo anotou o segundo, após passe de Robinho, selando a classificação.

Com o resultado positivo, o Santos avança às oitavas de final da Copa do Brasil e agora aguarda o sorteio para saber quem será seu próximo adversário no torneio nacional.

O próximo compromisso do Santos na temporada será no domingo (17), às 16h (de Brasília), quando a equipe comandada pelo técnico Oswaldo de Oliveira enfrenta o Cruzeiro, fora de casa, no estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG), em duelo válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. No mesmo horário, o Londrina tem pela frente o Penapolense, no estádio do Café, em Londrina (PR), em jogo válido pela 5ª rodada do grupo 8 da Série D do Campeonato Brasileiro.

O jogo – A partida começou bastante movimentada e o Santos iniciou o embate se lançando mais ao ataque. Logo aos quatro minutos, o alvinegro praiano criou uma boa chance, quando Cicinho invadiu a área pela direita, teve espaço para chutar, mas acabou optando pelo cruzamento e viu a zaga do Londrina afastar para escanteio.

Depois da primeira oportunidade de gol, o Santos tentou impor uma pressão no Londrina, mas o time paranaense se postou muito bem na defesa e resistia às investidas.

Aos 24 minutos, depois de erro na saída de bola cometido por Jubal, Paulinho roubou a bola, partiu em velocidade em direção à área, mas acabou finalizando para fora. Londrina quase fez 1 a 0.

A primeira finalização de perigo do Santos foi somente aos 39 minutos, quando após boa troca de passes, a bola chegou até Thiago Ribeiro que finalizou, mas mandou para fora. O chute passou perto. A partida foi morna na etapa inicial e o jogo terminou sem gols.

Logo no início do segundo tempo, aos três minutos, Paulinho foi acionado em velocidade pela direita, invadiu a área e finalizou cruzado, mandando muito perto da trave direita de Aranha. Novamente quase o Londrina inaugurou o marcador.

Aos seis minutos, o técnico Oswaldo de Oliveira foi forçado a fazer uma substituição, já que Jubal sentiu dores na coxa. No lugar do camisa 36 entrou Edu Dracena, que não era relacionado desde o ano passado, já que se recuperava de uma lesão ligamentar.

O camisa 2 parece ter dado sorte ao time da casa, já que foi ele entrar em campo e o Santos abriu o placar. Após cobrança de lateral, Leandro Damião ajeitou de peito para Robinho e o camisa 7 mandou um forte chute de direita, sem chances de defesa para Vitor: 1 a 0. Primeiro gol de Robinho em seu retorno.

No lance seguinte, o Santos quase marcou o segundo, quando Robinho cruzou para Leandro Damião e o camisa 9 deu uma bicicleta, acertando a trave esquerda da meta defendida por Vitor.

Aos 22, o Santos chegou em contra-ataque rápido, Lucas Lima entrou na área pela esquerda, cruzou rasteiro e a bola chegou até Thiago Ribeiro. O camisa 11, sozinho, escorregou na hora de finalizar. Na sequência do lance, Cicinho cruzou para Robinho, que cabeceou, mas a zaga tirou em cima da linha.

Oito minutos mais tarde, o mesmo Thiago Ribeiro recebeu bola na direita, finalizou da entrada da área, mas mandou a conclusão na rede pelo lado de fora.

O Londrina assustou pouco depois. Aos 34, a bola foi cruzada para Joel, que brigou no meio da área, mas a zaga afastou para escanteio. Um minuto depois, a bola foi cruzada na área do Santos e Diogo Roque, de cabeça, quase fez o gol de empate.

O time paranaense assustou novamente aos 38, quando Diogo Roque finalizou de longe, a bola pegou em Arouca e saiu para escanteio, passando perto do gol de Aranha.

O Santos perdeu duas chances incríveis no mesmo lance aos 40. Primeiro, Robinho finalizou cruzado e acertou na trave. No rebote, Thiago Ribeiro perdeu seu segundo gol inacreditável da noite, pois ele estava sozinho, com o gol sem goleiro, e mandou por cima.

O Peixe, entretanto, estava decidido a ‘matar’ o jogo e fez isso aos 44 minutos, quando Robinho fez bela jogada pela esquerda, tocou para Rildo e ele bateu no cantinho para fazer 2 a 0 e garantir a classificação. Nos minutos finais, foi só segurar o resultado e comemorar.