Rodrigo Caio rasga elogios a Rogério Ceni e exalta líderes do elenco

  • Por Jovem Pan
  • 05/04/2014 07h25

O zagueiro Rodrigo Caio elogiou Rogério Ceni e ressaltou importância dos líderes do elenco

Rodrigo Caio

Depois de Rogério Ceni anunciar que vai se aposentar do futebol ao final deste ano, um dos jogadores do elenco são-paulino resolveu falar sobre o ídolo do clube. O zagueiro Rodrigo Caio, que ajuda o camisa 1 na defesa, frisou que se inspira bastante no goleiro.

“Ele tem a cara do São Paulo, é sábio e ganhou tudo. Faria um bem enorme ao clube. Admiro muito a vontade de vencer dele, a vontade de entrar em campo e ganhar. Ele se identificou com o clube por isso. Lembro que na base queria ter os mesmos objetivos dele, de vencer todos os jogos, ser campeão e fazer história”, declarou o defensor.

Enquanto Rodrigo Caio só conquistou a Copa Sul-Americana de 2012 entre os títulos mais significativos da história do São Paulo, Rogério Ceni tem um currículo de invejar muitos atletas veteranos, tendo faturado o tricampeonato brasileiro (2006, 2007 e 2008), a Copa Libertadores da América de 2005 e o Mundial de Clubes do mesmo ano, entre outros canecos. E a trajetória marcada por vitórias é admirada pelo jovem zagueiro.

“Ele sempre entra em campo para ganhar, independentemente do jogo. Tenho certeza de que ele vai deixar saudades quando parar de jogar. Mas, sei que ele sempre ficará na torcida pela gente”, falou Rodrigo Caio.

Por fim, o camisa 7 do clube do Morumbi frisou que um dos pontos fortes do São Paulo é ter líderes no elenco.

“Temos muitos jogadores experientes, acredito até que dentro de campo teremos vários líderes. Não tem que ser um só. Hoje mesmo já temos o Luis Fabiano, o Antonio Carlos. O importante é ter várias pessoas orientando, vários líderes”, finalizou.

Rodrigo Caio volta a entrar em campo com o São Paulo na próxima quarta-feira (9), quando o time recebe do CSA-AL, no estádio do Morumbi, para o jogo de volta da primeira fase da Copa do Brasil. No duelo de ida, realizado no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL), o Tricolor triunfou pelo placar de 1 a 0, com gol de Osvaldo.