Rogério Ceni responde críticas de Aidar e diz que ex-presidente “precisa de ajuda”

  • Por Jovem Pan
  • 14/12/2015 19h01
SÃO PAULO, SP, 14.12.2015: ROGÉRIO-CENI - O ex-goleiro Rogério Ceni, do São Paulo FC, lança nesta segunda-feira (14) vários produtos como chaveiros e seu busto na livraria Cultura do Conjunto Nacional, na avenida Paulista na região central de São Paulo. (Foto: Marcelo D. Sants/FramePhoto/Folhapress) Folhapress Em uma de suas primeiras aparições públicas como ex-jogador

Carlos Miguel Aidar, ex-presidente do São Paulo, recentemente disparou críticas contra diversas pessoas importantes do clube, entre elas o ex-técnico Juan Carlos Osorio e até mesmo Rogério Ceni. Nesta segunda-feira (14), o agora goleiro aposentado respondeu ao antigo mandatário.

“Eu desejo que ele possa esclarecer todos esses fatos. É uma pessoa que precisa de ajuda nesse momento. É uma situação difícil, eu também estou parando, a gente precisa do auxílio de amigos. Não vou polemizar. Ele era o presidente, se ele hoje acha isso… Espero que as pessoas que estão próximas a ele, são amigas, vivem seu dia a dia, possam ajudá-lo”, disse Rogério durante evento em que lançou produtos licenciados.

Na entrevista concedida ao jornal Diário de S. Paulo, Aidar se disse arrependido de ter renunciado ao cargo em outubro, quando foi acusado de corrupção pelo então vice-presidente de futebol Ataíde Gil Guerreiro. Em relação a Ceni, o ex-presidente afirmou que o ídolo tricolor impedia e “marginalizava” o surgimento de novas lideranças no clube.