Rogério Dutra Silva se lesiona e abandona duelo com Wawrinka em Genebra

  • Por Estadão Conteúdo
  • 24/05/2017 16h03

Rogério Dutra foi ajudado por Wawrinka após a lesão no tornozelo

EFE Rogério Dutra foi ajudado por Wawrinka após a lesão no tornozelo

O brasileiro Rogério Dutra Silva ficou em quadra por apenas 37 minutos no seu segundo compromisso na chave de simples do Torneio de Genebra. Foi esse o tempo que o número 78 do mundo atuou contra o suíço Stan Wawrinka, o terceiro colocado no ranking, da ATP, abandonando o duelo quando perdia por 5/2, lesionado. 

Dutra Silva havia estreado no evento em Genebra com vitória sobre o português João Sousa e encarava o principal candidato ao título. O brasileiro ainda equilibrou o confronto no seu início, desperdiçou dois break points, mas depois acabou não resistindo a Wawrinka. Depois, lesionado, abandonou o duelo antes mesmo da conclusão do primeiro set. 

A contusão no tornozelo direito coloca em dúvida a participação de Dutra Silva na sequência da chave de duplas em Genebra – ele atua em parceria com o italiano Paolo Lorenzi e venceu na estreia e também em Roland Garros, segundo Grand Slam da temporada, que começa no próximo domingo em Paris. 

Já Wawrinka segue firme no evento suíço e agora vai enfrentar nas quartas de final o norte-americano Sam Querrey, número 28 do mundo, que nesta quinta-feira superou o croata Franko Skugor por 6/2 e 6/3. 

O russo Andrey Kuznestov, 85º colocado no ranking, surpreendeu ao vencer o espanhol Albert Ramos, número 20 do mundo, por 7/5 e 6/1, e agora vai duelar com o alemão Cedrik-Marcel Stebe (314º) nas quartas de final do torneio suíço. 

O norte-americano Steve Johnson (26º) passou pelo argentino Horacio Zeballos (6/1 e 6/3) e agora terá pela frente o alemão Mischa Zverev (33º), que venceu o norte-americano John Isner (6/4, 6/7 e 6/3). O outro confronto das quartas de final em Genebra já estava definido e será entre o sul-africano Kevin Anderson e o japonês Kei Nishikori.