Romário divulga documentos na internet e prova não ter conta na Suíça

  • Por Jovem Pan
  • 05/08/2015 20h46
Acusado de ser dono de dinheiro não declarado na Suíça

Recentemente, o senador Romário (PSB-RJ) foi apontado, pela revista Veja, como o dono de uma conta não declarada de 7,5 milhões de reais na Suíça. O ex-jogador chegou a ir ao país europeu para entender a situação e prometeu divulgar documentos que provassem sua inocência, assim que os obtivesse. Foi o que fez na noite desta quarta-feira (5), por meio de seu perfil no Facebook.

“Acabei de receber do banco suíço BSI a confirmação de que o extrato da suposta conta bancária com o saldo de R$ 7,5 milhões em meu nome é falso”, escreveu o senador na legenda de uma imagem do documento. “Paralelo a isso, o Ministério Público Federal do Brasil também emitiu uma certidão comprovando que não há nenhuma apuração de suposta conta bancária mantida por mim na Suíça”.

Em seu site oficial, o Baixinho tornou públicos os documentos na íntegra. Além disso, o banco BSI entrou com uma ação no Ministério Público de Genebra para apurar o caso da conta atribuída ao senador do PSB. O próprio Romário também afirmou que entrará na justiça contra os jornalistas responsáveis pela matéria.

No Senado, o ídolo do Vasco comandará uma CPI que investigará irregularidades em contratos da CBF. Serão ouvidos, entre outros, o ex-presidente da entidade José Maria Marin e o empresário J. Hawila.

Confira a nota de Romário na íntegra:

“Acabei de receber do banco suíço BSI a confirmação de que o extrato da suposta conta bancária com o saldo de R$ 7,5 milhões em meu nome é falso. Com essa constatação de grave delito penal, o banco também me comunicou que fez uma queixa penal no Ministério Público de Genebra para que eles possam apurar o crime.

Paralelo a isso, o Ministério Público Federal do Brasil também emitiu uma certidão comprovando que não há nenhuma apuração de suposta conta bancária mantida por mim na Suíça. Todos os documentos estão no meu site: www.romario.org/news/all/nota-de-banco-suico-confirma-que-extrato-da-veja-e-falso.

Diante dessas provas, enterramos, definitivamente, qualquer mentira sobre o assunto. Os falsificadores, mentirosos e caluniadores responderão à justiça brasileira e suíça.”