Romário indica Leonardo para comando da CBF e ataca Del Nero: “é corrupto”

  • Por Jovem Pan
  • 30/07/2015 10h29
Romário não poupou críticas ao comando da Seleção Brasileira

Grande opositor da administração da CBF, o senador Romário, se prepara para presidir a CPI do Futebol. As vésperas de iniciar os trabalhos para vasculhar o futebol brasileiro, Romário concedeu entrevista ao jornal O Estado de São Paulo, o baixinho voltou a atacar o presidente da Confederação Brasileira, Marco Polo Del Nero, e afirmou que o ex-atacante Ronaldo não seria um bom nome para o cargo e destacou que Leonardo seria um bom nome para o cargo.

“A solução é a sua prisão. Ele (Marco Polo Del Nero) é corrupto, ladrão, ele não faz bem à Seleção, ele deve, tem de pagar por isso. Comete coisas ilícitas dentro da CBF e por isso que ele não sai do país”, detonou Romário que presidirá a CPI do Futebol com início em 4 de agosto.

Questionado se o ex-companheiro de Seleção, Ronaldo, poderia ser um bom nome para assumir o comando da CBF, Romário afirmou ao Estadão que não vê o fenômeno preparado para exercer a função.

“Ronaldo não. Longe disso. Ele não faz parte da sacanagem do futebol. Infelizmente, na Copa, escolheu o lado errado. No final, meteu o pé e entende que esses caras não são o que ele pensava que eram. Mas, para ser presidente da CBF, ele não tem condição nenhuma em termos de preparação”, comentou o ex-camisa 11.

Tetracampeão do Mundo com a Seleção Brasileira em 94, Romário destacou que outro ex-companheiro seu na equipe verde e amarela poderia, sim, ocupar o cargo de presidente da CBF: o ex-jogador Leonardo que trabalhou como treinador e dirigente em clubes europeus.

“Uma pessoa que atuou em todas as posições do futebol foi o Leonardo. Não estou dizendo que ele deva assumir. Mas é uma pessoa que tem condições. Já teve experiência e seria um nome interessante”, analisou.