Ronaldinho Gaúcho se desculpa com Querétaro por conduta em último jogo

  • Por Agencia EFE
  • 24/05/2015 01h21
Ronaldinho marcou e ajudou o Querétaro a chegar nas semfinais do Mexicano

Ronaldinho Gaúcho, jogador do Querétaro do México, pediu desculpas à equipe por sua conduta no jogo de ida das semifinais do Torneio Clausura local e estas foram aceitas, disseram neste sábado (23) os argentinos Emanuel Villa e Miguel Ángel Martínez, capitães da equipe.

Na partida de ida, que sua equipe perdeu por 2 a 0 para o Pachuca na quinta-feira passada, o brasileiro saiu de campo antes de terminar o primeiro tempo, não ficou para o segundo tempo e imediatamente deixou o estádio Hidalgo, casa do rival, em seu carro.

“Às vezes erramos, somos seres humanos, pediu desculpas e as coisas continuam, não por causa disso vamos crucificá-lo”, disse Villa em entrevista coletiva.

“Queríamos falar do tema de Ronaldinho Gaúcho, o que opinamos sobre o que aconteceu em Pachuca. Pediu desculpas e foram aceitas. Falamos para ele o que sentimos e pensamos”, comentou Martínez.

Villa disse que o brasileiro é um jogador importante para a equipe e que apesar do que aconteceu o time está unido e assim enfrentarão a partida de volta neste domingo.

“Temos um placar adverso mas estamos mais fortes do que nunca e nada mudará. Lutaremos por isso, chegamos (à semifinal) e temos a esperança de avançar”, acrescentou Villa.

Martínez disse que para avançar devem realizar uma partida completa. “O grupo está forte e sólido e o compromisso é muito grande”, expôs.

O vencedor de Querétaro e Pachuca chegará à final do Clausura 2015 e nela enfrentará o vencedor do duelo entre Chivas Guadalajara e Santos Laguna que na ida empataram sem gols.