Ronaldo diz que temeu ver Brasil fora da Copa sob comando de Dunga

  • Por EFE
  • 04/11/2016 09h26

Ronaldo participou do lançamento de uma nova escolinha da sua rede na Colômbia

EFE Ronaldo participou do lançamento de uma nova escolinha da sua rede na Colômbia

O ex-jogador Ronaldo afirmou nesta quinta-feira que a Seleção Brasileira melhorou muito com a chegada de Tite para substituir Dunga, especialmente porque havia o medo de a equipe não se classificar para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, sob o comando do ex-técnico.

“O Brasil melhorou muito desde que o Tite entrou, porque antes, com Dunga, estávamos com muito medo. Na tabela das Eliminatórias, tínhamos ficado muito atrás das principais equipes que são favoritas para ir ao Mundial”, disse o “Fenômeno” em entrevista coletiva realizada na Colômbia, onde está promovendo um projeto esportivo.

Duas vezes campeão do mundo (1994 e 2002), Ronaldo celebrou o fato de, ao apresentar um melhor futebol, o Brasil ter conquistado um título inédito até então: a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos.

“Chegaram os Jogos Olímpicos e ganhamos um título que nunca antes tínhamos conquistado. Agora parece que estamos jogando melhor e só podemos continuar melhorando porque temos uma geração boa de jovens”, disse o craque.

Ronaldo aproveitou também para elogiar a seleção da Colômbia, destacando semelhança entre o futebol dos dois países. “Tenho certeza que a Colômbia estará no próximo Mundial. Acredito que entre Brasil e Colômbia há uma quantidade incrível de semelhanças, somos dois países que ficam encantados com o futebol, que vivem o futebol com muita paixão”, avaliou.

O ex-jogador chegou hoje a Bogotá para apresentar o “R9 Academy”, um projeto esportivo apoiado pelo Galaxy Futebol Clube International. “É um projeto muito importante para mim, que não se trata apenas de futebol. Trata de dar oportunidades a milhares e milhares de jovens no mundo todo. Tenho certeza que aqui encontraremos muitos fenômenos”, brincou Ronaldo.