Ronaldo lamenta lesão de Neymar: “Brasil precisa se superar”

  • Por EFE
  • 05/07/2014 11h17
EFE Neymar leva joelhada nas costas

O ex-atacante Ronaldo admitiu, neste sábado, em entrevista coletiva concedida no Maracanã, no Rio de Janeiro, que a perda de Neymar é dramática não só para a seleção brasileira, mas também para a torcida do país anfitrião da Copa do Mundo.

“Estamos todos assustados com a perda do Neymar, mas o Brasil precisa se superar, precisa encontrar forças”, disse o maior artilheiro da história dos Mundiais e campeão do mundo em 2002.

“O Brasil perde uma figura muito importante, a grande referência. Perdemos muito com esta lesão e a saída de Neymar, mas tenho certeza que um jogador muito motivado entrará em seu lugar. E até o Fred, que até agora não jogou bem, tem chance de brilhar”, completou.

A Federação Internacional de Futebol Associado (Fifa) já abriu investigação sobre o lance em que o lateral direito Juan Camilo Zúñiga atingiu o atacante brasileiro. Para Ronaldo, o lance foi intencional e não acidental.

“Não acho que caçaram o Neymar, mas é claro que a entrada foi dura. Na televisão vimos claramente que ele tinha a intenção de machucar o Neymar. Não foi uma jogada normal, para mim está claro que foi uma entrada muito forte”, disse o ex-camisa 9.

Outro campeão mundial que participou da coletiva, o zagueiro italiano Fabio Cannavaro também avaliou o lance em que Zúñiga atingiu as costas do brasileiro, provocando uma fratura no processo transverso na altura da terceira vértebra lombar, chamada L3.

“Foi uma situação evitável, já que Neymar estava com a bola e não havia como se antecipar. Não gostei daquele joelho alto, dá para pensar que realmente foi para machucar. Não é uma falta muito evidente, mas foi uma malandragem, disse o campeão em 2006. O ex-meia Lothar Matthäus também esteve na coletiva. Ex-integrante da próxima seleção que enfrentará o Brasil, lamentou a ausência de Neymar no restante da Copa. “Todos choramos quando vimos o lance do Neymar. Todos os alemães queremos o melhor para ele”, encerrou o campeão em 1990

Mais comentados da Seleção Brasileira
Saiba em tempo real o termômetro de popularidade dos jogadores