Ronda rejeita desculpas de Bethe Correia: “esta luta se tornou pessoal para mim”

  • Por Jovem Pan
  • 01/07/2015 08h41
Ronda Rousey e Bethe Correia se enfrentam no UFC Rio 7

O clima entre Ronda Rousey e a brasileira Bethe Correia está, definitivamente, péssimo. Atual campeã dos pesos-galos femininos do UFC, a americana destacou que não aceita as desculpas da adversária pelos comentários sobre suicídio que a brasileira fez no último mês de maio.

Em evento de lançamento dos uniformes dos lutadores do UFC em Nova York, nesta terça-feira (30), Ronda afirmou, em entrevista ao site MMA Fighting, que não perdoa Bethe pelo comentário infeliz e comentou a vontade de derrotar a brasileira.

“Acho que não tem como ela saber essas coisas mais obscuras da minha vida e não saber de um dos eventos mais importantes que já aconteceram na minha vida. Não sei se me sinto mais ofendida pelo que ela disse ou pela sua falsa desculpa para manter a dignidade, que não foi nem uma desculpa de verdade. Ela só se elogiou, se dizendo humilde e pedindo por perdão. Isso não é uma desculpa. Esta luta se tornou extremamente pessoal para mim e nunca quis tanto bater em alguém na minha vida. Com certeza não vou acabar com ela rapidamente, vou garantir que ela lembre cada segundo daquele dia”, disse a atual campeã.

Bethe Correia tirou Ronda Rousey do sério ao lembrar, no último mês de maio, do envolvimento da americana com drogas no passado. A paraibana chamou Ronda de fraca e afirmou que esperava que a judoca americana “não se suicidasse” depois de ser derrotada no UFC Rio 7, no dia 01 de agosto. As declarações de Bethe desagradaram Ronda pelo fato de seu pai ter se suicidado quando a lutadora ainda era criança.

Após a repercussão negativa de sua palavras, Bethe pediu desculpas em uma mensagem nas redes sociais: “não sabia do que aconteceu com seu pai. Sou humilde o suficiente para pedir desculpas. Família é uma coisa abençoada para mim. Te vejo no UFC 190”. Ronda, pelo visto, não pensa em perdoar a rival.