Rosberg admite que exorcizou fantasma de ultrapassagem sofrida em Austin

  • Por Agencia EFE
  • 09/11/2014 17h38

Piloto alemão Nico Rosberg vence GP Brasil

Piloto alemão Nico Rosberg

O alemão Nico Rosberg, vencedor neste domingo do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, comemorou seu desempenho na prova, garantindo que assim fica exorcizado o fantasma do GP dos Estados Unidos, quando acabou deixando a vitória escapar, ao ser ultrapassado pelo britânico Lewis Hamilton.

“Foi um fim de semana magnífico. Em Austin foi diferente, mas foi importante para que eu melhorasse. Aprendi lá e hoje fiz melhor. Preciso continuar tentando manter esse momento e estou me sentindo muito bem no carro. Precisava garantir que o carro fosse o bastante para que ele não consguisse chegar e ultrapassar”, disse o vice-líder do Mundial, em entrevista coletiva.

Com a vitória de hoje, Rosberg diminuiu para 17 pontos a diferença para Hamilton, faltando uma prova para o fim da temporada, o GP de Abu Dhabi, que terá pontuação dobrada. Assim, o alemão precisa vencer e torcer para que o rival e companheiro chegue, no máximo, na terceira colocação.

Admitindo que pode ser beneficiado pela mudança no regulamento, que deu peso maior para a corrida final, o vice-líder da competição voltou a criticar os pontos dobrados.

“É uma medida artificial, não me agrada, de maneira geral. Agora, neste momento, é bom para mim”, disse Rosberg.