Rosberg comemora quebra de sequência de vitórias de Hamilton

  • Por EFE
  • 25/05/2014 15h55
Lewis Hamilton e Nico Rosberg em Monaco

Em final de semana marcado por sua conduta durante o treino classificatório, o alemão Nico Rosberg (Mercedes) conquistou importante resultado ao triunfar no Grande Prêmio de Monaco, neste domingo. Empolgado com a primeira colocação, o piloto alemão celebrou o feito, principalmente por encerrar série de quatro vitórias consecutivas de seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton.

“É uma vitória especial porque Lewis estava nesta sequência de resultados, e eu precisava quebrá-la, algo que tentei fazer neste fim de semana. Certamente, ser líder do Mundial novamente e ganhar aqui em Mônaco é algo fantástico, Ainda é muito cedo, e o campeonato será uma batalha muito dura”, afirmou o alemão.

No classificatório deste sábado, Rosberg tinha o melhor tempo do Q3 quando errou freada em ponto duvidoso de sua última volta e acabou atrapalhando a sequência do treino, já que o setor em que saiu da pista recebeu bandeira amarela. O britânico, que vinha em volta rápida para tentar largar na pole position, precisou diminuir o ritmo e sequer completou a volta, acabando na segunda colocação. Ao término do treino, o alemão negou que a manobra tenha sido proposital. O inglês, porém, duvidou.

O campeonato vem sendo uma disputa direta entre o alemão e o britânico desde o começo, mas apenas em Monte Carlo a disputa se tornou uma guerra mais aberta. Mesmo assim, o vencedor deste domingo garantiu que a relação com o campeão de 2008 continua boa.

“Estamos bem. Tivemos discussões, mas o bom é que nos conhecemos há muito tempo. Sempre terminamos sentando e discutindo tudo. E isso é o que também faremos desta vez”, encerrou.

Com o resultado do Grande Prêmio de Monaco, Nico Rosberg reassume a liderança do Mundial de Pilotos desta temporada, com 122 pontos. Lewis Hamilton, com 118 pontos, aparece na segunda colocação, seguido por Fernando Alonso (Ferrari), com 61 pontos. O brasileiro Felipe Massa, por sua vez, é o 11º colocado, com 18 pontos.

A próxima etapa do calendário oficial de Fórmula 1 desta temporada está programada para 8 de junho, às 15 horas (de Brasília), quando ocorre o GP do Canadá, no Circuito Gilles Villeneuve. Na última temporada, o alemão Sebastian Vettel (Red Bull) conquistou a pole position e a vitória.