Rosberg lidera treino de classificação em Interlagos e crava 5ª pole seguida

  • Por Agência EFE
  • 14/11/2015 15h49
Mesmo sem chances de título

O alemão Nico Rosberg, da Mercedes, desbancou o campeão mundial e companheiro de equipe, o britânico Lewis Hamilton, cravando assim a quinta pole position seguida na temporada da Fórmula 1, ao liderar o treino de classificação para o Grande Prêmio do Brasil.

O vice-líder da competição cravou na última tentativa no Q3, parte final da sessão, com os dez mais rápidos na atividade, o tempo de 1min11s282, ficando 78 centésimos a frente do piloto três vezes campeão da categoria, que sairá na segunda colocação.

Com o resultado, Rosberg entrou em um seleto clube de competidores que já cravaram cinco pole seguidas nas categoria, que entre outros, tem Ayrton Senna – que largou oito vezes consecutivas em primeiro, entre 1988 e 1989 -, Alain Prost, Michael Schumacher, Niki Lauda, além de Hamilton, Fernando Alonso e Sebastian Vettel.

Depois da dupla da Mercedes, largará o rival do pole position na luta pelo vice-campeonato mundial, Vettel, que fez tempo de 1min11s804. Amanhã, o piloto tentará, ao menos, reduzir a distância  para o concorrente, que atualmente é de 21 pontos (272 a 251).

O finlandês Valteri Bottas, da Williams, fez o quarto melhor tempo no Q3, mas já havia ido para a pista com punição de três postos, por isso, largará em sétimo, atrás também do compatriota Kimi Raikkonen, da Ferrari, o alemão Nico Hulkenberg, da Force India, e do russo Daniil Kvyat, da Red Bull. Felipe Massa, da Williams, fez o oitavo melhor tempo na atividade, com 1min12s415, e será seguido pelo holandês Max Verstappen, da Toro Rosso. Felipe Nasr, da Sauber, ficou em 11º,
sendo eliminado no Q2, mas ganhará uma posição no grid por causa da punição ao australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull.

A cena mais marcante do treino, no entanto, aconteceu logo nos primeiros minutos, quando a McLaren do espanhol Fernando Alonso apresentou problemas mêcanicos, fazendo o piloto abandonar a atividade. Ao invés de voltar imediatamente para os boxes, o duas vezes campeão do mundo puxou uma cadeira, se sentou de costas para a pista e, tranquilamente, pareceu curtir o sol que batia no circuito de Interlagos. Sem tempo, Alonso largará na última colocação na prova de amanhã.

Franco-suíço, Romain Grosjean, da Lotus, rodou no fim do Q2 e acabou como 15º colocado, mas também foi beneficiado pela punição a Ricciardo, e assim largará uma posição acima. O piloto correu com a bandeira da França como braçadeira, assim como já havia feito no terceiro treino livre.

Confira o grid de largada para o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1:

1. Nico Rosberg (ALE/Mercedes) 1min11s282
2. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) 1min11s360
3. Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) 1min11s804
4. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) 1min12s144
5. Nico Hulkenberg (ALE/Force India) 1min12s265
6. Daniil Kvyat (RUS/Red Bull) 1min12s322
7. Valteri Bottas (FIN/Williams) 1min12s085 (+)
8. Felipe Massa (BRA/Williams) 1min12s415
9. Max Verstappen (HOL/Toro Rosso) 1min12s739
10. Felipe Nasr (BRA/Sauber) 1min12s989
11. Carlos Sainz (ESP/Toro Rosso) 1min13s045
12. Sergio Pérez (MEX/Force India) 1min13s147
13. Marcus Ericsson (SUE/Sauber) 1min13s233
14. Romain Grosjean (FRA/Lotus) 1min13s913
15. Pastor Maldonado (VEN/Lotus) 1min13s385
16. Jenson Button (GBR/McLaren) 1min13s425
17. Alexander Rossi (EUA/Manor) 1min16s151
18. Will Stevens (GBR/Manor) 1min16s283
19. Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull) 1min12s417 (++)
20. Fernando Alonso (ESP/McLaren) sem tempo

(+) punido com a perda de três posições.
(++) punido com a perda de dez posições.