Rosberg ressalta dificuldade de correr em pista inédita na Fórmula 1

  • Por EFE
  • 11/10/2014 17h53 - Atualizado em 06/11/2017 11h39

Nico Rosberg liderou a primeira sessão e foi seguido por seu rival Lewis Hamilton

EFE Rosberg lidera 1º treino livre em Sochi

O piloto alemão Nico Rosberg (Mercedes), que vai largar em segundo amanhã, no Grande Prêmio da Rússia, em Sochi, afirmou após o treino de classificação deste spábado que considerou a sessão “difícil”, por ter tido que se adaptar às características de uma pista inédita na Fórmula 1.

Pela nona vez neste ano, Rosberg largará na primeira fila ao lado de seu companheiro de equipe e rival na luta pelo título, o inglês Lewis Hamilton – líder do Mundial, com 266 pontos, dez a mais que ele.

“Foi uma qualificação muito difícil, na qual tivemos que nos adaptar a muitas coisas. A pista é nova e tão especial que os pneus aguentam muito, por que a superfície é muito suave”, comentou Nico, de 29 anos, que neste ano ganhou quatro vezes – Austrália, Mônaco, Áustria e Alemanha – e conseguiu oito poles.

“Lewis foi mais rápido hoje, isso é o que aconteceu, portanto terei que ter uma boa largada amanhã”, ressaltou o piloto, que em sua carreira na Fórmula 1 soma sete vitórias.

“Imagino que vai ser um Grande Prêmio emocionante. Haverá pontos de ultrapassagem e estou convencido de que veremos muita ação na pista”, declarou.