San Lorenzo perde chances e Elias dá segunda vitória ao Corinthians na Libertadores

  • Por Jovem Pan
  • 04/03/2015 23h53
Vitória do Corinthians deixou o alvinegro bem colocado no Grupo da Morte

O Corinthians foi à Argentina pegar o atual campeão da Libertadores, o San Lorenzo, pela segunda rodada do torneio continental. Numa partida complicada, a vitória por 1 a 0 saiu dos pés de Elias e foi garantida pelas chances perdidas pelo time da casa, que jogou sem o apoio de sua torcida por conta de uma punição da Conmebol. Com o importantíssimo triunfo, o Timão chegou à liderança do Grupo 2, com seis pontos.

Mesmo sem o apoio de seus torcedores, o San Lorenzo começou a partida tentando ditar o ritmo. Com marcação adiantada, fazia o Corinthians a errar passes e mantinha a posse de bola no campo de ataque. Logo aos 3 minutos, Buffarini limpou a jogada pela direita e cruzou de canhota para Blanco, que, livre, cabeceou para fora, e a bola saiu raspando a trave esquerda de Cássio.

Aos poucos a pressão do time da casa foi afrouxando, e o alvinegro conseguiu sair. Porém, faltava o ímpeto e a inteligência no toque de bola mostrado diante do São Paulo na estreia na Libertadores. Esse impasse resultou em longo período jogo morno, em que as equipes tentavam em vão assustar o rival.

O ritmo só foi quebrado quando Elias acionou Danilo pela direita, que cruzou para o próprio Elias cabecear forte. Torrico caiu para fazer grande defesa. Na sequência, Renato Augusto bateu firme de primeira de fora da área, e novamente o goleiro salvou a equipe argentina. Mas foi só, num primeiro tempo de faltas violentas do San Lorenzo e pouco futebol.

A segunda etapa começou mais movimentada e aberta. Isso não resultou em chances de gol até os 11 minutos, quando o atacante Mauro Matos “salvou” o Corinthians ao perder duas chances, uma delas inacreditável. Quignón lançou Blanco na esquerda, que rolou para Matos, livre na área, chutar na trave. Na sequência, cobrança de escanteio que o veterano atacante cabeceou para fora, perto da trave.

Com a partida equilibrada, Elias mostrou novamente seu faro de gols para desequilibrar. O volante arrancou pelo meio, passou por um marcador e tentou para Petros. O zagueiro cortou e a bola sobrou para o próprio Elias soltar a bomba e marcar um belo gol.

Com a vantagem no placar, o Corinthians conseguiu segurar o adversário, que foi em busca do empate. O San Lorenzo criou duas chances com Caurteruccio, que driblou Edu Dracena na área e chutou para fora e depois recebeu na cara de Cássio e marcou o gol, porém em posição ilegal, bem observada pela arbitragem.

Ainda assim, no final da partida, o time argentino passou muito perto do empate. Cássio não segurou tiro de fora da área e Alan Ruiz, no rebote, chutou em cima de Gil. Pouco depois, Cauteruccio apareceu livre na área para mandar um sem pulo, obrigando Cássio a fazer defesa sensacional.

Com a vitória, o Corinthians chegou aos 6 pontos no Grupo 2. San Lorenzo e São Paulo vêm em seguida com 3 cada um, enquanto o Danubio não tem nenhum. Na próxima rodada, o Timão vai ao Uruguai pegar o lanterna enquanto o San Lorenzo pega o Tricolor no Morumbi.