San Lorenzo perde na Bolívia, mas garante vaga na final da Libertadores

  • Por Agencia EFE
  • 31/07/2014 02h01

Após goleada no primeiro jogoSan Lorenzo comemora a classificação para a final da Libertadores

O San Lorenzo, da Argentina, perdeu por 1 a 0 para o Bolívar na altitude de La Paz nesta quarta-feira, mas conseguiu se classificar, pela primeira vez em sua história, para a final da Taça Libertadores, na qual enfrentará outro estreante, o Nacional do Paraguai.

A goleada de 5 a 0 na partida de ida em Buenos Aires sobre o time boliviano garantiu vaga na final, já que o Bolívar precisava de um verdadeiro milagre em La Paz para conseguir reverter o resultado.

O Bolívar até que tentou. Sua torcida lotou as arquibancadas do estádio Hernando Siles em apoio à equipe, que teve mais posse de bola e dominou as ações da partida. Entretanto, conseguiu somente um dos cinco gols que precisava – com Gerardo Yecerotte aos 46 do segundo tempo – para ir à final.

O San Lorenzo é o único dos considerados grandes da Argentina que nunca conquistou uma Taça Libertadores. O time do papa Francisco terá a chance de se igualar a Boca Juniors, River Plate, Racing, Independiente, Estudiantes, Veléz Sarsfield e Argentinos Juniors, que já levantaram o caneco continental.

A grande final será disputada contra o Nacional, do Paraguai, outro estreante em finais, já que, entre as equipe paraguaias, apenas o Olimpia chegou à decisão, em sete ocasiões, com três títulos conquistados.

O primeiro confronto entre San Lorenzo e Nacional será na próxima quarta-feira, dia 6, em Assunção. O jogo de volta será em Buenos Aires, no dia 13.