Santos joga para o gasto, bate Mixto por 3 a 0 e se classifica para a 2ª fase

  • Por Jovem Pan
  • 16/04/2014 23h59

Gabriel marcou dois gols para o Santos e ajudou na classificação contra o Mixto

Gabriel

Na noite desta quarta-feira (16), o Santos recebeu o Mixto-MT, na Vila Belmiro, precisando do resultado para se classificar para a segunda fase da Copa do Brasil. E depois de empatar sem gols no duelo disputado em Cuiabá, o Santos voltou a não jogar bem, mas venceu o rival mato-grossense por 3 a 0 e avançou no torneio nacional.

Concorra ao livro “Libertadores – Paixão que nos une”

Os dois gols santistas foram marcados no segundo tempo. Arouca abriu o placar, aos 14, e Gabriel fez o segundo e o terceiro gols do Peixe, aos 23 e 38 minutos da etapa final.

Na próxima fase da Copa do Brasil, o Santos vai enfrentar quem passar do confronto entre Princesa de Solimões e Brasiliense. As equipes do Amazonas e de Brasília se enfrentaram também nesta quarta-feira, mas na partida de ida, e o Princesa de Solimões, jogando em casa, no estádio do Sesi, em Manaus (AM), venceu pelo placar de 3 a 1. O duelo de volta será realizado no dia 23 de abril, no estádio Boca do Jacaré, em Taguatinga (DF), casa do Brasiliense.

O jogo – A partida começou com poucas emoções e escassas chances de gol foram criadas no primeiro tempo na Vila Belmiro. O Santos tomava mais a iniciativa ofensiva e o Mixto apostava nos contra-ataques.

A primeira real oportunidade de o placar ser alterado foi criada somente aos 31 minutos, quando Arouca recebeu passe na medida de Diego Cardoso, mandou para o gol, mas o goleiro Igor fez grande defesa.

O Santos voltou a assustar a torcida do time de Mato Grosso aos 37, quando Gabriel, de fora da área, mandou uma bomba de canhota, mas Igor novamente apareceu bem e espalmou a finalização do time da casa.

Aos 42, foi a vez de Geuvânio, também em chute de fora da área, quase tirar o grito de gol da torcida santista, mas a bola, que passou perto, acabou indo para fora. Goleiro Igor nem se moveu, já que não teria chances de fazer a defesa.

Gabriel voltou a finalizar bem, aos 44, quando recebeu dentro da área, protegeu e fez o arremate de direita, mas Igor espalmou bem novamente. O primeiro tempo terminou sem gols.

No segundo tempo, aos quatro minutos, o alvinegro praiano criou outra boa chance de gol, quando Alan Santos invadiu a área e bateu de esquerda, forte, mas o goleiro Igor apareceu muito bem novamente e espalmou.

Depois de permanecer com a bola na maior parte do tempo, o Santos finalmente abriu o placar aos 14 minutos. Lucas Lima, que havia acabado de entrar, abriu a bola na direita para Cicinho e o lateral cruzou rasteiro, na medida, para Arouca, que fez papel de centroavante e inaugurou o marcador na Vila Belmiro.

O Santos não teve problemas para ampliar a vantagem, depois de ter pênalti marcado a seu favor aos 23 minutos, quando Ricardo derrubou Thiago Ribeiro dentro da área. Gabriel cobrou o pênalti e converteu, fazendo 2 a 0.

Com dois gols de vantagem, o Santos começou a jogar muito mais tranquilo e o mesmo Gabriel fez o terceiro do alvinegro praiano aos 38 minutos. Depois de receber belo passe de Geuvânio, o atacante bateu na saída de Igor e fez o seu segundo na partida, selando a classificação.