Santos ‘passeia’ no Pacaembu, goleia Botafogo por 5 a 0 e vai às semifinais

  • Por Jovem Pan
  • 16/10/2014 23h22

O Santos goleou o Botafogo no Pacaembu e se classificou sem dores de cabeça

Folhapress Santos celebra gol sobre o Botafogo no Pacaembu

Após vencer o duelo de ida das quartas de final pelo placar de 3 a 2, no Maracanã, o Santos entrou em campo no Pacaembu, na noite desta quinta-feira (16), com uma ligeira vantagem, mas não suficiente para deixar a equipe tranquila. Porém, em 45 minutos, a equipe de Vila Belmiro tratou de ‘resolver’ o confronto, já que fez três gols e encaminhou bastante a classificação. No restante do jogo, os santistas não tomaram grandes sustos e, assim, não tiveram problemas para derrotarem o Botafogo por 5 a 0 e seguir adiante na briga pelo título da Copa do Brasil.

O Santos assegurou a classificação ainda no primeiro tempo, quando abriu 3 a 0, com gols marcados por Gabriel, David Braz e Lucas Lima. No segundo tempo, David Braz marcou o seu segundo gol e fez 4 a 0 e ainda houve tempo para Geuvânio anotar o quinto e selar a goleada.

Nas semifinais da Copa do Brasil, o Santos mede forças com o Cruzeiro, que passou pelo ABC para se classificar. A Raposa venceu o jogo de ida por 1 a 0 e perdeu fora de casa por 3 a 2, se classificando por conta dos gols marcados longe de seus domínios.

Na outra semifinal da Copa do Brasil, o Flamengo, que despachou o América-RN, enfrenta o Atlético-MG, que eliminou o Corinthians com uma virada espetacular no Mineirão.

As datas e locais dos jogos da fase semifinal do torneio nacional ainda serão definidas mediante sorteio, que será realizado nesta sexta-feira (17).

O jogo – O Santos começou a partida de forma avassaladora. Já aos cinco minutos, o alvinegro da Baixada Santista abriu o placar. Lucas Lima tocou para Mena e o chileno cruzou para Gabriel, que mandou para o fundo do gol.

Quatro minutos mais tarde, o placar já marcava 2 a 0. Após escanteio cobrado por Lucas Lima, o goleiro Andrey saiu mal e o zagueiro David Braz mandou de cabeça para o fundo do gol. Santos voando no início do primeiro tempo.

O Botafogo chegou bem aos 15, quando Rogério fez boa jogada pela direita, cruzou, mas Wallyson, de voleio, mandou por cima do gol de Vladimir.

O Santos deu rápida resposta e, aos 16, após falha da zaga botafoguense, Gabriel aproveitou a sobra e mandou chute de dentro da área, mas o arqueiro do time carioca fez a defesa.

O Botafogo teve a chance de diminuir e desvantagem, aos 33, quando Wallyson cobrou falta e viu a bola pegar no travessão da meta santista. Na sobra, Bolatti finalizou de cabeça, mas mandou o arremate pela linha de fundo.

Após o susto, o Santos fez o terceiro, com 37 minutos no relógio. Após tabela com Gabriel, Lucas Lima partiu em velocidade desde o meio de campo, driblou o goleiro Andrey e, de canhota, mandou uma pancada certeira: 3 a 0.

Nos minutos finais do primeiro tempo, a partida caiu em termos de emoção e o Santos foi para os vestiários com uma vantagem bastante tranquila. O time comandado por Enderson Moreira poderia tomar até três gols para seguir adiante na competição.  

Mesmo com larga folga, o Santos não voltou relaxado dos vestiários. Aos cinco minutos da etapa complementar, a bola foi cruzada da esquerda e Lucas Lima bateu de primeira, mas Andrey fez excelente defesa para evitar o quarto gol.

Os santistas voltaram a assustar um minuto mais tarde e em duas oportunidades seguidas. Primeiro, Gabriel finalizou e a bola pegou na trave. Logo na sequência, Geuvânio bateu firme, Andrey defendeu e a bola pegou no travessão.

Com 12 minutos, Rogério recebeu na área e tocou para Zeballos que, sozinho, mandou o arremate para fora.

Não bastante os três gols de vantagem, o Santos não demorou a marcar mais gols e, desta forma, ficou bem tranquilo na partida.

Aos 17 minutos, Lucas Lima cobrou falta na grande área e Gabriel mandou de primeira para o gol, mas Andrey fez defesa milagrosa. Na sobra, entretanto, apareceu David Braz para marcar o seu segundo no jogo e o quarto do Santos.

Seis minutos mais tarde, Geuvânio fez bela jogada, tentou driblar Andrey, mas o goleiro defendeu. A bola sobrou para Gabriel, mas Bolatti afastou quase em cima da linha. No rebote, Geuvânio apareceu para mandar uma pancada e anotar o quinto. Verdadeiro show no Paca!

No restante do segundo tempo, o Santos controlou o jogo e confirmou a classificação sem dificuldades. O Botafogo ainda teve um jogador expulso, já que Matheus Menezes fez dura falta em Rildo, aos 42, e tomou vermelho de forma direta, e a partida terminou de maneira melancólica para a equipe do Rio de Janeiro.