São Paulo vence o Mogi Mirim com tranquilidade e se recupera no Paulistão

  • Por Jovem Pan
  • 01/03/2016 22h25
SP - PAULISTÃO/SÃO PAULO X MOGI MIRIM - ESPORTES - Rogério, do São Paulo, comemora seu gol em partida contra o Mogi Mirim, válida pelo jogo atrasado da terceira rodada do Campeonato Paulista 2016, no Estádio do Pacaembu, na zona oeste de São Paulo, nesta terça-feira. 24/02/2016 - Foto: DANIEL VORLEY /AGIF/ESTADÃO CONTEÚDOTitular diante do Mogi Mirim

O São Paulo entrou em campo na noite desta terça-feira (01) para enfrentar o Mogi Mirim, em partida atrasada da terceira rodada do Campeonato Paulista – à época, a equipe teve de disputar a pré-Libertadores. E nada melhor do que pegar um adversário frágil para voltar a vencer e recuperar parte da confiança da torcida após a derrota para a Ponte Preta na última rodada. Foi isso que o Tricolor no Pacaembu fez ao vencer por 2 a 0.

A equipe da capital começou a partida jogando com a defesa adiantada e procurando tomar o controle das ações. No entanto, faltava inspiração para passar pela defesa adversária e criar chances reais de gol. Tanto que a primeira delas só veio aos 27 minutos, quando Carlinhos recebeu de Mena pela esquerda e cruzou para Centurión, que só não marcou porque Bruno Costa tirou na última hora.

O lance animou o time são-paulino. Bruno cruzou na área e Calleri cabeceou para fora. Minutos depois, o lateral-direito tentou pelo chão e, da intermediária, descolou um passe de camisa 10 para Rogério. Na cara do gol, o atacante deu um toque preciso para tirar do goleiro e mandar no cantinho, abrindo o placar. Na sequência, Carlinhos driblou dois adversários e chutou forte, obrigando Daniel a fazer boa defesa.

O segundo tempo começou parecido com o anterior: o São Paulo seguiu dominando o jogo, mas demorou um tempo para chegar com perigo. E foi aos 20 minutos: Centurión roubou a bola no meio de campo e acionou Calleri, que chutou em cima do goleiro. Cinco minutos depois, Centurión brilhou novamente, desta vez ao arriscar uma bomba da intermediária e acertar o travessão. Pouco depois, Ganso passou para Calleri, que rolou para Carlinhos encher o pé e acertar a trave esquerda.

No fim da partida, ainda houve tempo para ampliar: Ganso tabelo com Alan Kardec e, da entrada da área, acertou um chute preciso no canto direito para definir o placar. Com os três pontos, a equipe chega aos mesmos 13 da Ferroviária na liderança do Grupo C, mas fica com a liderança pelo saldo de gols. A próxima parada do Tricolor será contra São Bernardo, também no Pacaembu. Já o Mogi Mirim segue na lanterna do Grupo D com sete pontos e na próxima rodada visitará o Botafogo em Ribeirão Preto.