Satisfeito com atuação, Muricy pede calma com jovens são-paulinos

  • Por Jovem Pan
  • 24/03/2014 08h45
Muricy pede paciência com revelações são-paulinas

Após encerrar a fase de grupos com uma vitória sobre o Botafogo em duelo de reservas de ambos, o São Paulo mira o jogo diante do Penapolense, válido pelas quartas-de-final da competição. O técnico Muricy Ramalho, ao final da partida deste domingo (23), elogiou os jovens são-paulinos do elenco, mas pediu calma com a utilização dos mesmo na equipe titular na sequência da temporada.

► Confira a tabela do Campeonato Paulista

Ademílson e Lucas Evangelista foram os destaques do time que bateu o Botafogo, cada um gol um gol cada na partida. Apesar disso, Muricy pediu calma com as joias tricolores. “A gente sabe que o jogador precisa de mais tempo. Outro dia, eles eram sub-17, agora estão jogando profissionalmente. Então tem que ter calma. São jogadores do clube, não precisamos de pressa. Tem que ter paciência e carinho. Agora eles têm condições de serem titulares do São Paulo. Ainda é muito cedo, mas no geral foi bem”, disse.

Diante do Botafogo, que também avançou às quartas-de-final do tornio, o São Paulo atuou com seis jogadores formados na sua base: Lucas Evangelista, Wellington, João Schmidt, Ewandro, Ademílson e Boschilia. Apesar de terem correspondido à expecativa do treinador, Muricy indicou que ainda terão que aguardar por mais vagas na equipe titular. “Não seria justo da minha parte avaliar a participação deles, porque ainda são meninos, não estão formados como jogadores. Estamos queimando etapas para ver se melhoramos eles e, por isso, temos que ter mais paciência”, finalizou.

O São Paulo recebe a Penapolense no Morumbi, na próxima quarta-feira (26), tentando uma vaga na semifinal do Campeonato Paulista.