Se não o Cuca, quem fará o palmeirense feliz? Veja as opções do Verdão

  • Por Jovem Pan
  • 05/05/2017 12h15

Cuca é o favorito da torcida para o comando do Palmeiras

Cuca é o favorito da torcida para o comando do Palmeiras

Com Eduardo Baptista demitido do Palmeiras, um nome é quase unanimidade entre os torcedores alviverdes: Cuca, campeão brasileiro pelo próprio Verdão no ano passado e que deixou o clube no fim da temporada para se dedicar à família por alguns meses.

De fato, ele deve ser a primeira opção do presidente Maurício Galliotte e do diretor de futebol Alexandre Mattos. Poucos minutos após o anúncio da demissão de Baptista, Cuca desconversou, afirmando que ninguém da diretoria alviverde o procurou e que teria propostas para voltar à China.

Porém, se o Palmeiras receber uma negativa do favorito dos torcedores, quem teria a responsabilidade de assumir diante das grandes pretensões que o clube tem para o ano? Na opinião do torcedor, esse plano B poderia ser um velho conhecido da Academia de Futebol: Vanderlei Luxemburgo.

Luxemburgo não está em nenhum clube desde que deixou o futebol chinês em 2016. Chegou a dar declarações polêmicas a respeito de ser “ultrapassado” e tem um passado vitorioso pelo Palmeiras: quatro Campeonatos Paulistas e dois Brasileiros.

Outro nome que surge é o de Jorginho, que treinou o Vasco até o fim do ano passado. Porém, pode pesar contra ele a mesma falta de experiência que pairou sobre Eduardo Baptista em um ano tão ambicioso para o clube.

Também passa pelo estigma da inexperiência o nome de Alberto Valentim. Ele era visto pelos torcedores como o substituto natural de Cuca no fim do ano, principalmente por conhecer o elenco e o Palmeiras há anos. Valentim não conseguiu a vaga e acabou deixando o clube para assumir o Red Bull, onde fez uma campanha modesta no Paulista.

Dois nomes estrangeiros também foram ventilados pelo torcedor. Edgardo Bauza, que deve ficar desempregado da seleção argentina nos próximos dias, e Reinaldo Rueda, treinador do Atlético Nacional e que conhece bem dois atletas do Verdão: Guerra e Borja.

Numa lista de improváveis, surgem os nomes de Abel Braga e Mano Menezes. O motivo é simples: Alexandre Mattos não costuma procurar profissionais que já estejam contratados. Abel Braga é o atual comandante do Fluminense e Mano está no Cruzeiro, antigo clube do dirigente alviverde.

Na sua opinião, quem poderia assumir o Palmeiras, caso Cuca diga “não”: