Se voltasse, Dentinho encontraria o Timão em situação parecida à de 2011

  • Por Jovem Pan
  • 18/06/2015 16h31
Dentinho foi revelado pelo Corinthians

Com a ida de Emerson Sheik para o Flamengo, especula-se que o Corinthians esteja atrás de um jogador para substituí-lo na função de meia ou atacante pelo lado esquerdo. O nome de Dentinho surgiu com mais força no meio dessa especulação, e a diretoria do clube estaria tentando trazê-lo de volta. Mas como será que o atacante encontraria seu ex-time agora?

A situação do Corinthians em 2015 tem algumas semelhanças com o momento que o clube vivia em maio de 2011, quando Bruno Bonfim foi comprado pelo Shakhtar Donetsk. Naquela época, o time, treinado por Tite, vivia um período difícil por conta da eliminação na pré-Libertadores para o Tolima, da Colômbia. Com o vexame, medalhões como Ronaldo e Roberto Carlos anunciaram suas saídas.

Em 2015, o Tolima da vez se chama Guaraní, time paraguaio que eliminou o Timão nas oitavas de final da Libertadores. O choque foi grande, especialmente porque a volta de Tite ao comando técnico e o excelente futebol praticado pelo alvinegro no início da temporada o colocavam como um dos favoritos ao título continental.

Assim como o vexame anterior, a eliminação para os paraguaios expôs os problemas do Corinthians dentro e fora de campo. A crise financeira agora também ameaça um desmanche e a saída de grandes jogadores, como Guerrero e Sheik, já começou e a lista pode aumentar. Ralf e Elias, por exemplo, são constantemente especulados em outros clubes.

Entretanto, se a situação é delicada, pode ser uma oportunidade de Dentinho ajudar o Timão a dar a volta por cima, assim como o clube conseguiu em 2011 com o título do Campeonato Brasileiro e da Libertadores e do Mundial no ano seguinte. O que ajuda é que, apesar de todos os problemas, a posição na tabela do Brasileirão é boa: 4º lugar com 13 pontos.

Além de Tite, Dentinho reencontraria jogadores com quem fez parceria em sua primeira passagem pelo Corinthians, como Fábio Santos, Ralf e Danilo.