Secretário-geral afirma que CBF não autoriza realização da Primeira Liga em 2016

  • Por Agência Estado
  • 16/01/2016 20h19
SÃO PAULO,SP,09.09.2015:FÓRUM-NACIONAL-ESPORTE - O deputado Federal, Walter Feldman participa do 5º Fórum Nacional do Esporte, no Hotel Grand Hyatt, em São Paulo (SP), na manhã desta quarta-feira (9). (Foto: Renato S. Cerqueira/Futura Press/Folhapress)Walter Feldman afirmou que a CBF não está de acordo com a disputa da Liga Sul-Minas-Rio neste ano

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não liberou a realização da Primeira Liga em 2016. A entidade alega que o torneio, com previsão para início no próximo dia 27, não respeita o seu Estatuto e o calendário de jogos no país.

“Convocamos uma assembleia das federações e elas estipularam que a Liga Sul-Minas-Rio seria muito bem aceita se respeitasse os estatutos das federações e da CBF, além do calendário nacional, mas isso não foi possível. O que fez com que nós comunicássemos ao Gilvan (de Pinho Tavares, presidente da Liga) de que não seria possível a autorização para a realização do torneio em 2016”, afirmou Walter Feldman, secretário-geral da CBF, em entrevista à rádio Itatiaia, de Belo Horizonte.

A CBF acredita que o principal empecilho para o torneio é a criação de datas alternativas ao calendário de partidas oficial da entidade em 2016, que já está em vigor. “Desde o primeiro momento atendemos a reivindicação de 15 clubes acompanhado de pelo menos três federações. Apresentamos desde o início a dificuldade de evitar o conflito com o calendário nacional”, acrescentou.

Dentre as possíveis punições para as equipes participantes do torneio, estão a perda de cotas de televisão por transmissões dos Estaduais e punições aos times das categorias de base de cada clube.