Seedorf e Kaká se reúnem com torcedores do Milan após protesto no San Siro

  • Por EFE
  • 16/03/2014 16h23
Seedorf se reune com torcedores após nova derrota do Milan

O técnico do Milan, Clarence Seedorf, o meia Kaká e o atacante Mario Balotelli se reuniram neste domingo com um grupo de torcedores do Milan que fizeram um protesto no estádio San Siro antes da partida com o Parma, pelo Campeonato Italiano.

O encontro, que também contou com a presença dos jogadores Ignazio Abate e Daniele Bonera, aconteceu após o duelo, que o Milan perdeu por 4 a 2 – esta foi a quarta derrota consecutiva do time neste ano.

“São situações delicadas. Estas pessoas têm as cores desta camisa no coração. O encontro foi muito pacífico e não teve nada de particular. Neste momento já são dois anos de sofrimento e eles precisavam se expressar”, afirmou o técnico holandês à rede de televisão “Sky Italia”.

Além disso, o treinador reconheceu que já viveu situações similares e que “ouvir os torcedores ajuda, e a equipe, agora, está preparada para atuar”.

Sobre a manifestação que aconteceu nos limites do estádio milanês, na qual os torcedores chamaram os jogadores de “indignos” de vestir a camisa da equipe “rossonera”, Seedorf afirmou que “condicionou” todo o encontro.

Ontem, Seedorf criticou seu antecessor no cargo, Massimiliano Allegri, ao afirmar que, em sua chegada, no dia 15 de janeiro, encontrou “uma equipe física e mentalmente ao limite”.

“Eu não sou o responsável por esta situação. Tenho um contrato e a confiança da equipe. Tenho certeza de que no próximo ano o Milan será uma equipe competitiva”, ressaltou o ex-jogador do Botafogo.