Sem brasileiros pela 1ª vez desde 1999, Ferrari apresenta carro da temporada

  • Por Agencia EFE
  • 25/01/2014 14h08

Alonso e Raikkonen posam ao lado do novo carro da Ferrari

Alonso e Raikkonen posam ao lado do novo carro da Ferrari

O F14 T, 60º carro fabricado pela Ferrari especificamente para participar do Mundial de Fórmula 1, foi exibido neste sábado através do site da escuderia, na primeira apresentação de um bólido da equipe sem a presença de um piloto brasileiro desde 1999.

A Ferrari contou com Rubens Barrichello de 2000 a 2005, e em 2006 o substituiu por Felipe Massa, que, no entanto, não teve seu contrato renovado e deu lugar a Kimi Raikkonen. O finlandês volta ao time pelo qual foi campeão mundial em 2007 e terá o espanhol Fernando Alonso como companheiro.

O nome, escolhido pelos torcedores da escuderia também pelo site oficial, é uma combinação do ano atual e a introdução do turbocompressor na unidade de potência. Os fãs até poderão ver alguma herança dos bólidos anteriores, como a suspensão dianteira e a suspensão traseira tipo pull-rod

No entanto, além dessa similaridade superficial, o carro de 2014 tem pouco a ver com seus antecessores. Externamente, o F14 T é muito diferente: as mudanças de regulamento, que obrigam a descer o chassi e o bico para aumentar a segurança dos pilotos dão um aspecto muito diferente em relação ao F138, de 2013.

O bico, por sinal, é o que mais chama atenção. Os projetistas mantiveram o degrau que já vinha sendo usado, mas o tornaram maior. Já a parte da frente, bem diferente do que foi visto nos carros já apresentado, vem sendo apelidada de “peixe bagre” devido à grande abertura.