Sem dificuldades, Chile goleia Bolívia e confirma liderança do Grupo A

  • Por Jovem Pan
  • 19/06/2015 22h30

Chile goleou a Bolívia e assegurou a liderança do Grupo A da Copa América 2015

EFE Chile comemora gol contra a Bolívia

Empurrado pela torcida local, que compareceu em massa ao Estádio Nacional, em Santiago (CHI), a seleção chilena entrou em campo na noite desta sexta-feira (19) para enfrentar a Bolívia e, voltando a mostrar um bom futebol, ofensivo, os donos da casa venceram fácil pelo placar de 5 a 0.

Com o resultado, o Chile garante a primeira colocação do Grupo A e, consequentemente, a classificação para as quartas de final foi sacramentada. A Bolívia, que também já estava classificada, fica em segundo na chave e agora aguarda a definição dos jogos do Grupo C para saber quem será seu adversário na próxima fase.

O primeiro tempo foi dominado pelos chilenos, que sequer tomaram sustos. Os anfitriões abriram o placar logo no segundo minuto de partida, quando Medel fez lançamento de longe, encontrou Eduardo Vargas na área e o camisa 11 esticou a perna para dominar. A bola se ofereceu para Charles Aránguiz que, vindo de traz, mandou bom chute no cantinho para fazer 1 a 0.

O Chile teve duas chances em cobrança de falta, ambas com Sánchez, aos 18 e aos 30 minutos. A primeira foi para fora, raspando na trave direita do goleiro Romel Quiñónez, e a segunda explodiu na trave esquerda da meta boliviana e voltou. Na reta final do primeiro tempo, aos 36, Sánchez fez tabela com Valdivia, que cruzou na medida e, de peixinho, o camisa 7 desta vez não perdoou: 2 a 0.

No segundo tempo, o Chile diminuiu um pouco o ritmo e, mesmo assim, construiu uma vantagem ainda maior. Depois de os primeiros minutos da etapa serem mornos, os chilenos marcaram o terceiro aos 20 minutos, quando Aránguiz recebe cruzamento rasteiro de Ángelo Henríquez e ainda teve tempo de dominar a bola e bater para o fundo do gol.

Aos 34, o Chile fez 4 a 0. Em outra bela trama ofensiva, Gary Medel recebeu bom passe na área, dominou no peito e tocou na saída do goleiro boliviano para ‘matar’ o jogo.

Ainda houve tempo para, aos 40, Ronald Raldes, jogador mais experiente da Bolívia, marcar contra após cruzamento. O defensor boliviano conseguiu até encobrir seu próprio goleiro e o Chile fechou a goleada.

As quartas de final da Copa América começam na quarta-feira (24), às 20h30 (de Brasília), quando o Chile mede forças com o melhor terceiro colocado classificado.