Sem Sheik, Corinthians aposta na força da arena para avançar na Libertadores

  • Por Agencia EFE
  • 14/05/2015 16h06

São Paulo, 12 mai (EFE).- Sem Emerson Sheik, suspenso, o Corinthians espera mais uma vez contar com apoio de sua torcida e a força de seu estádio para reverter a vantagem de dois gols do Guaraní e garantir a classificação para as quartas de final da Taça Libertadores nesta quarta-feira.

Invicto há 32 jogos dentro de casa, o Timão precisa vencer por três gols de diferença para assegurar a vaga de forma direta. Em caso de um triunfo por 2 a 0 – mesmo placar do jogo de ida – o duelo será decidido somente na disputa de pênaltis.

“Precisamos de calma e não confundir velocidade com pressa. É uma partida de 180 minutos, estamos perdendo por 2 a 0, mas temos outros 90”, disse o técnico Tite.

Depois da punição de Sheik, suspenso por mais dois jogos após a expulsão contra o São Paulo ainda na fase de grupos, o treinador será obrigado a mexer. Mas não só para suprir a ausência do atacante, que deve ser substituído pelo colombiano Stiven Mendoza.

Precisando da vitória elástica, Tite pode optar por uma formação bastante ofensiva caso o resultado não atenda aos interesses do Corinthians. Uma das opções testadas durante os treinos foi o meia Danilo no lugar do volante Ralf, recuando Elias para fazer a proteção do setor defensivo.

Para conseguir a virada, a equipe tem uma atuação na qual se inspirar nesta própria Libertadores. Na segunda partida da fase de grupos, goleou o Danubio por 4 a 0, com três gols de Guerrero, resultado que facilitou a classificação até a atual fase do torneio.

Com a vantagem inesperada conquistada no Paraguai, a estratégia do Guaraní é oposta a do adversário. O técnico espanhol Fernando Jubero fez um pedido para que os jogadores mantenham a calma, atuem com inteligência e saibam administrar o resultado.

Um gol na Arena Corinthians é tudo o que deseja o Guaraní, já que obrigaria os donos da casa a fazerem pelo menos quatro para conseguirem a classificação.

A equipe aurinegra aposta no bom momento do atacante Federico Santander, autor de um dos gols do Guaraní na partida de ida contra o Corinthians e também artilheiro do Torneio Apertura paraguaio.

Além do gol contra o Timão, Santander fez os outros dois, garantindo a vitória do Guaraní, de virada e nos acréscimos, sobre o Santaní no último final de semana.

Quem avançar no confronto enfrentará nas quartas de final o vencedor do duelo entre Montevideo Wanderers e Racing, que empataram por 1 a 1 na partida de ida.

None

Prováveis escalações:.

Corinthians: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Fabio Santos; Ralf, Jadson, Elias, Renato Augusto e Mendoza; e Paolo Guerrero. Técnico: Tite.

Guarani: Aguilar; Patiño, Cáceres e Maldonado; Filippini, Bartomeus, De la Cruz, Palau e Ocampo; Santander e Benítez. Técnico: Fernando Jubero.

Árbitro: Enrique Osses (Chile), auxiliado pelos compatriotas Marcelo Barraza e Christian Schiemann.

Estádio: Arena Corinthians, em São Paulo. EFE