Sem sustos, São Paulo domina Joinville e vence em casa por 3 a 0

  • Por Jovem Pan
  • 23/05/2015 20h27

São Paulo derrotou o JoinvilleSão Paulo comemora em jogo contra o Joinville

Depois de ser derrotado na segunda rodada pela Ponte Preta, o São Paulo entrou em campo na noite deste sábado (23), em sua casa, no Morumbi, e após alguns protestos por parte da torcida, a equipe comandada por Milton Cruz fez seu dever e, jogando um futebol superior ao do Joinville, conseguiu uma vitória pelo placar de 3 a 0, em duelo válido pela terceira rodada do Brasileirão. Os gols do triunfo são-paulino foram marcados por Dória, no primeiro tempo, e por Michel Bastos e Pato, na etapa complementar.

Com o resultado, o São Paulo conquista sua segunda vitória em três jogos no Campeonato Brasileiro e chega aos seis pontos. Além do triunfo nesta noite, o Tricolor derrotou o Flamengo, na estreia, em casa, por 2 a 1, mas acabou sendo superado pela Ponte, por 1 a 0, no Moisés Lucarelli, na semana passada.

Já o Joinville segue com apenas um ponto somado em três rodadas e está entre os últimos colocados da competição. Na estreia, o time catarinense perdeu para o Fluminense, fora de casa, pelo placar de 1 a 0 e, na semana passada, ficou em um empate sem gols, em casa, contra o Palmeiras.

Na quarta rodada do Brasileirão, o São Paulo entra em campo no domingo (31), às 16h (de Brasília), no Estádio Beira-Rio, quando enfrenta o Internacional. Um dia antes, no sábado, às 21h, o Joinville recebe o Atlético-PR, na Arena Joinville.

O jogo – O São Paulo começou bem na partida, tomando mais a iniciativa no ataque e, aos dez minutos, o Tricolor criou a primeira chance de perigo, quando Michel Bastos cruzou da esquerda e Thiago Mendes cabeceou firme, mas o goleiro Oliveira fez boa defesa com o pé e evitou que o Tricolor abrisse o placar. No lance seguinte, contudo, Dória aproveitou cruzamento da direita para cabecear firme e fazer 1 a 0.

Após o gol do São Paulo, o Joinville começou a sair um pouco mais para o jogo, mas quase não agrediu o gol de Rogério Ceni. Aos 33, o Tricolor teve a chance de ampliar, em chute de fora da área de Paulo Henrique Ganso, mas o arremate foi defendido por Oliveira. O São Paulo, mesmo bem superior do que o oponente, pareceu um pouco satisfeito com o 1 a 0 e foi para o vestiário com vantagem mínima no placar.

Logo no início do segundo tempo, aos 13 minutos, após erro na saída do Joinville, Ganso tocou para Pato, que entrou no intervalo no lugar de Luis Fabiano, e o camisa 11 deu um passe na medida para Michel Bastos, que mandou uma pancada de canhota, sem chances de defesa para o arqueiro do JEC: 2 a 0.

Depois do segundo gol, o Tricolor foi em busca do terceiro. O JEC conseguiu criar sua única chance de perigo no jogo, aos 31, quando Augusto César cruzou para Jael, que bateu firme, mas Rogério Ceni fez boa defesa. Ainda houve tempo para Alexandre Pato bater de canhota, fazer 3 a 0 e fechar o placar.