Serena atropela compatriota e avança fácil às oitavas em Melbourne

  • Por Estadão Conteúdo
  • 21/01/2017 13h00

Serena busca título na Austrália para recuperar topo no ranking da WTA

Serena busca título na Austrália para recuperar topo no ranking da WTA

Agora segunda colocada do ranking mundial do tênis, Serena Williams quer recuperar o posto perdido para a alemã Angelique Kerber e o primeiro Grand Slam do ano é ótima oportunidade para isso. Inspirada, a norte-americana não tomou conhecimento da compatriota Nicole Gibbs, de 23 anos, 92ª do ranking. Venceu por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/3, e avançou às oitavas de final do Aberto da Austrália.

Assim, Serena mantém a escrita de chegar pelo menos até a quarta rodada em Melbourne. Desde 1999, quando ganhou seu primeiro Grand Slam, ela só não foi tão longe em 2006, no pior momento da sua carreira – à época, ficou dois anos sem fazer uma semifinal de Grand Slam.

Na próxima rodada, a veterana de 35 anos vai enfrentar a checa Barbora Strycova, 16ª do ranking mundial, que, também neste sábado, eliminou a francesa Caroline Garcia (24.ª), em set diretos, com parciais de 6/2 e 7/5. Serena e Strycova já se enfrentaram duas vezes no circuito da WTA, com duas vitórias fáceis da norte-americana, ambas em Grand Slam – Aberto da Austrália e Wimbledon em 2012.

Ainda neste sábado, a britânica Johanna Konta, atual nona colocada no ranking da WTA, fez valer o melhor momento para vencer a dinamarquesa Caroline Wozniacki (14ª) por 2 sets a 0 (6/3 e 6/1). 

Konta precisa defender a semifinal conquistada na semana passada para não cair no ranking, o melhor da carreira. Nas oitavas ela vai enfrentar a russa Ekaterina Makarova (30ª), que surpreendeu a eslovaca Dominika Cibulkova, sexta cabeça da chave. O duelo foi decidido em três sets, com parciais de 6/2, 6/7 (3/7) e 6/3.

Mas a grande zebra do dia foi a vitória da norte-americana Jennifer Brady (116ª) sobre a russa Elena Vesnina (18ª) por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 6/2. A jovem, de 21 anos, joga apenas seu segundo Grand Slam – caiu na primeira rodada do US Open em 2014. 

Nas oitavas, ela fará um duelo inesperado contra Mirjana Lucic-Baroni (79ª), da Croácia, que precisou de três sets para superar a grega Maria Sakkari (94ª). Todas as favoritas deste quadrante caíram cedo, como a polonesa Agnieszka Radwanska (terceira cabeça de chave), eliminada pela croata.