Serena supera Bencic na estreia e encara Safarova no Aberto da Austrália

  • Por Estadão Conteúdo
  • 17/01/2017 11h12

Serena Williams se classificou com tranquilidade na Austrália

EFE Serena Williams se classificou com tranquilidade na Austrália

Em busca do seu 23º título nos torneios do Grand Slam e do sétimo do Aberto da Austrália, Serena Williams deu nesta terça-feira o primeiro passo para atingir esses feitos. A número 2 do mundo superou a suíça Belinda Bencic, 59ª colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3, em 1 hora e 19 minutos. 

No primeiro set, Serena converteu break point no décimo game para vencê-lo por 6/4. Embalada, abriu 5/0 na segunda parcial, mas permitiu a reação de Bencic, que conseguiu sua primeira quebra de serviço quando a norte-americana sacava para fechar o jogo em 5/1. 

Servindo novamente para assegurar o triunfo quando liderava por 5/3, Serena cometeu dupla-falta no seu primeiro match point. Mas logo depois assegurou a sua vitória. Assim, também se vingou do revés no duelo anterior com Bencic, nas semifinais da edição de 2015 do Torneio de Toronto, quando foi batida em três sets. 

Serena perdeu a final do Aberto da Austrália do ano passado para a alemã Angelique Kerber, mas foi campeã de Wimbledon para igualar o recorde de 22 títulos de Steffi Graf em torneios do Grand Slam na Era Aberta do Tênis, marca que agora tenta superar em Melbourne. 

A próxima adversária de Serena vai ser a checa Lucie Safarova, a número 61 do mundo e vice-campeã de Roland Garros em 2015, que nesta terça salvou nove match points antes de derrotar a belga Yanina Wickmayer por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 7/6 (9/7) e 6/1. 

OUTROS JOGOS – Número 5 do mundo, a checa Karolina Pliskova começou com tudo a sua participação no Aberto da Austrália ao superar a espanhola Sara Sorribes Tormo, apenas a 106ª colocada no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/0. 

Finalista do último US Open, Pliskova abriu 4/1 em menos de 20 minutos no primeiro set e ainda aplicou um “pneu” na segunda parcial, avançando em Melbourne, onde nunca foi além da terceira rodada. Agora ela terá pela frente a russa Anna Blinkova. 

Embalada pelo título do Torneio de Sydney, conquistado na semana passada, a britânica Johanna Konta derrotou na sua estreia a belga Kirsten Flipkens, a 70ª colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/2. 

A número 9 do mundo surpreendeu no ano passado ao avançar até as semifinais em Melbourne, um dos marcos daquela que foi a melhor temporada da sua carreira. Na segunda rodada, a britânica terá pela frente a japonesa Naomi Osaka. 

A australiana Samantha Stosur, a número 21 do mundo, voltou a decepcionar a torcida local em Melbourne ao perder logo no seu jogo de estreia para a britânica Heather Watson, apenas a 114ª colocada no ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 3/6 e 6/0. No Grand Slam “caseiro”, a campeã do US Open de 2011 nunca foi além das oitavas de final. 

A checa Barbora Strycova, a suíça Timea Bacsinszky, a dinamarquesa Caroline Wozniacki, a eslovaca Dominika Cibulkova, a casaque Yulia Putintseva, as francesas Alize Cornet e Caroline Garcia e as russas Elena Vesnina e Ekaterina Makarova confirmaram o favoritismo e avançaram nesta terça-feira para a segunda rodada do Aberto da Austrália.