Sergio Ramos não teme apoio do papa a rival: Real Madrid é o “time de Deus”

  • Por Agência EFE
  • 19/12/2014 17h07
Para Sergio Ramos

Apesar de o San Lorenzo ser o time do papa Francisco, o Real Madrid terá amanhã um apoio muito maior na final do Mundial de Clubes da Fifa, de acordo com o zagueiro Sergio Ramos: de ninguém menos do que Deus.

“Nas semifinais, desde o aquecimento, nos surpreendemos pelo calor da torcida, parecia que estávamos em casa. O Real Madrid é a equipe de Deus e do mundo, tem torcedores onde quer que estejamos, e devemos recompensá-los”, afirmou o jogador nesta sexta-feira em entrevista coletiva prévia à decisão.

Porém, mesmo reivindicando estar do lado divino, Sergio Ramos pôs a fé em xeque no que diz respeito ao futebol.

“Sou cristão e também creio, mas no futebol isso não costuma servir muito”, disse o zagueiro.