Sim ao Barça? Jornalista relativiza capa que provocou calafrios em palmeirenses

  • Por Jovem Pan
  • 23/06/2016 16h06

Jornal SportJornal Sport

O palmeirense que acordou feliz da vida com a liderança isolada do Campeonato Brasileiro levou um banho de água fria ao se deparar com a capa do jornal Sport, da Catalunha, desta quinta-feira. A publicação estampou em sua página principal uma foto de Gabriel Jesus acompanhada da seguinte manchete: “Sim ao Barça. Gabriel Jesus comunica ao Palmeiras a sua intenção de fechar com o Barça“. 

A chamada, no entanto, pode ter sido exagerada. 

Em entrevista exclusiva a Fredy Junior para o Plantão de Domingo, da Rádio Jovem Pan, o jornalista catalão Joaquim Piera, que é o correspondente do jornal Sport no Brasil, relativizou a capa feita pelo veículo de comunicação no qual trabalha. Foi ele quem redigiu a reportagem que informa o interesse do Barcelona pelo atacante – o material estava em uma das páginas internas do jornal.  

A polêmica capa não foi idealizada por Piera“Você, que trabalha há anos em um veículo de comunicação, sabe perfeitamente que as funções são muito bem divididas“, afirmou o jornalista, durante o papo exclusivo com Fredy Junior. As minhas matérias assinadas estão nas páginas interiores. Eu estou no Brasil, não sou editor, então, não me encarrego das capas. Aqui no Brasil, esta capa criou um certo impacto, mas isso faz parte um pouco da dinâmica dos veículos de comunicação”, acrescentou.

Isto não quer dizer, contudo, que Piera desminta que um acerto entre Gabriel Jesus e Barcelona esteja próximo. O jornalista, que, há dez dias, informou que o clube catalão fez uma proposta de 19 milhões de euros (R$ 72,2 milhões) ao Palmeiras, confirmou que o atacante tem sido, sim, alvo de investidas do atual campeão espanhol. 

“Esta primeira proposta foi uma informação que saiu de Barcelona. Me refiro à cidade, e não ao clube“, contou o jornalista. Está claro que tudo pode acontecer. Talvez, possa demorar um pouco para fechar negócio. O mercado europeu vai até o fim de agosto, então, ainda tem muito tempo pela frente para saber se esta negociação vai ser concretizada ou não”, completou. 

Piera, por sinal, conversou com Raul Sanllehí, diretor esportivo do Barcelona que esteve no Allianz Parque e assistiu à grande atuação de Gabriel Jesus na vitória do Palmeiras por 2 a 0 sobre o América-MG, na última terça-feira, pelo Campeonato Brasileiro.

O jornalista, porém, não conseguiu descobrir nenhuma novidade sobre a possível negociação – a multa de Gabriel Jesus é de 40 milhões de euros (R$ 154,2 milhões), mas, contratualmente, Barcelona, Real Madrid, Manchester United, Bayern de Munique e Paris Saint-Germain podem levá-lo por 24 milhões de euros (92,5 milhões). 

Sanllehí não deu nenhum tipo de detalhe, porque é uma pessoa muito discreta. A política informativa do Barcelona se assemelha muito à do Palmeiras na gestão Paulo Nobre e Alexandre Mattos, de não falar sobre negociações em andamento“, afirmou, antes de opinar sobre o possível aproveitamento de Gabriel Jesus em um time com trio de ataque tão poderoso, formado por MessiSuárez e Neymar. “Ele poderia muito bem ser o quarto atacante do elenco. É muito melhor, por exemplo, que os reservas da última temporada, o Munir e o Sandro“, finalizou.