Soares e Murray vencem irmãos Bryan e ficam perto da classificação no ATP Finals

  • Por Estadão Conteúdo
  • 15/11/2016 11h55

Bruno Soares e Jamie Murray venceram com tranquilidade no ATP Finals

Divulgação / ATP Bruno Soares e Jamie Murray venceram com tranquilidade no ATP Finals

O brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray se aproximaram da classificação para as semifinais das duplas no ATP Finals nesta terça-feira. De forma contundente, os segundos cabeças de chave passaram pelos irmãos norte-americanos Mike e Bob Bryan por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, em somente uma hora e um minuto de partida.

Com o resultado, Soares e Murray ficaram muito perto da próxima fase. Eles lideram o Grupo Edberg/Jarryd como única dupla com 100% de aproveitamento após duas partidas, e ainda sem perderem um set, marca expressiva no torneio que reúne as oito melhores duplas da temporada.

Soares e Murray podem garantir a vaga nas semifinais ainda nesta terça-feira, mas, para isso, precisam torcer contra outro brasileiro. Eles se classificarão se Marcelo Melo e o croata Ivan Dodig perderem para o bielo-russo Max Mirnyi e o filipino Trent Huey. A vaga também estará garantida se Melo e Dodig vencerem em três sets.

Nesta terça, Soares e Murray souberam crescer nos momentos decisivos. Em meio a um equilibrado primeiro set, aproveitaram a única oportunidade de quebra que qualquer uma das duplas teve, no oitavo game, para garantir a vantagem e fazer 1 a 0.

Já na segunda parcial, o brasileiro e o britânico se aproveitaram da pressão sobre os irmãos Bryan e foram superiores Soares e Murray atacaram o serviço adversário e, no sétimo game, aproveitaram um dos cinco break points que tiveram para confirmar o triunfo.

O ATP Finals terá sequência ao longo desta terça-feira. Na chave de duplas, Melo e Dodig precisam vencer para manter o sonho de classificação. Na de simples, o francês Gael Monfils enfrenta o austríaco Dominic Thiem no duelo de derrotados da primeira rodada. Já no confronto dos vencedores, jogam o sérvio Novak Djokovic e o canadense Milos Raonic.