Sob pressão, São Paulo bate Corinthians no Morumbi e avança às oitavas

  • Por Jovem Pan
  • 22/04/2015 23h50

São Paulo derrotou o Corinthians e avançou para as oitavas de final

São Paulo comemora gol contra o Corinthians na Libertadores

Sob muita pressão, o São Paulo recebeu o Corinthians, na noite desta quarta-feira (22), no Morumbi, em jogo que valia a vida do Tricolor na Copa Libertadores 2015. E mesmo com o peso de entrar em campo precisando da vitória, o time da casa fez um primeiro tempo muito bom, dominou o arquirrival, que sofreu com a expulsão de Emerson Sheik logo aos 18 minutos de jogo, e fez 2 a 0 nos primeiros 45 minutos. No segundo tempo, o São Paulo controlou o jogo, criou mais algumas chances, mas confirmou o triunfo por dois gols de vantagem.

Os gols do São Paulo foram marcados por Luis Fabiano e Michel Bastos, os heróis da noite no Morumbi.

Com o resultado conquistado em casa, o São Paulo avança para as oitavas de final da Copa Libertadores e, na próxima fase, a equipe do Morumbi, que ficou em segundo no Grupo 2, com 12 pontos, mede forças com o Cruzeiro. Já o Corinthians, líder da chave com 13 pontos, terá pela frente o Guaraní-PAR. O San Lorenzo, terceiro colocado, e o Danubio, último do grupo, estão eliminados.

O jogo – Precisando do resultado, o São Paulo começou o jogo tomando mais a iniciativa e, logo aos dois minutos, o Tricolor quase tirou o zero do placar, quando Reinaldo cobrou falta na área, do lado esquerdo, e Dória cabeceou com muito perigo, mas mandou para fora.

A vida ficou mais complicada para o Corinthians aos 18 minutos, quando Emerson Sheik deu um toque no pé de Rafael Toloi fora do lance, o árbitro entendeu a ação do corintiano como agressão e deu o vermelho direto. Com um a mais em campo, o São Paulo melhorou ainda mais e abriu o placar aos 31, quando Michel Bastos cruzou da esquerda, Hudson pegou mal na bola e ela sobrou para Luis Fabiano que, nem posicionado, bateu cruzado e fez 1 a 0.

Encurralando o Corinthians no campo de defesa, o São Paulo ainda ampliou a vantagem na etapa inicial, quando Michel Bastos recebeu passe de Hudson e mandou um forte chute de canhota, da entrada da área. A bola quicou na frente de Cássio, que ‘aceitou’ o gol e o Tricolor foi para os vestiários vencendo por 2 a 0. O Corinthians nada fez nos primeiros 45 minutos de partida.

No segundo tempo, mais expulsões. Aos oito minutos, Luis Fabiano fingiu uma agressão de Mendoza e, depois de ter tomado o primeiro amarelo há pouco, foi expulso. Já Mendoza, que tentou agredir e havia entrado no time no intervalo, no lugar de Vagner Love, foi expulso de forma direta, devido à intenção de atingir Luis Fabiano.

O São Paulo teve a chance de marcar o terceiro aos 13 minutos da etapa complementar, mas o chute de Denilson parou na trave esquerda do gol de Cássio.

Na maior parte do restante do jogo, o São Paulo só administrou a situação, controlou a posse de bola, aproveitando a vantagem numérica, e confirmou a vitória por 2 a 0, resultado mais do que o suficiente para a classificação.