Sobre jogo contra França, Kroos prevê: “será decidido no meio de campo”

  • Por Agencia EFE
  • 03/07/2014 19h35

Toni Kroos está defendendo a seleção da Alemanha na Copa

AFP Toni Kroos ainda não acertou com o Real

Eficiente na zona central do campo, o meia alemão Toni Kroos afirmou que a região será determinante para o resultado da partida contra a França, pelas quartas de final da Copa do Mundo, às 13h (horário de Brasília) desta sexta-feira (4), no Maracanã, no Rio de Janeiro.

“A França é uma equipe de alto nível, com um elenco muito bom e um meio de campo muito forte. Este jogo será decidido no meio de campo, a posse da bola determinará o resultado. Somos superiores, mas temos que mostrar isso”, disse ele na sala de imprensa do Maracanã nesta quinta.

Kroos é o jogador que mais passes fez nesta edição do torneio. Ao todo, foram 414 toques para os companheiros de equipe, o que prova em números a importância do meia para a dinâmica da seleção alemã.

Ao ser perguntado como seria dividir o meio de campo com o capitão Philip Lahm, que é lateral direito de origem, o jogador afirmou que não teria nenhum problema na função e aproveitou para defender o companheiro Mesut Özil, que nos últimos dias foi criticado pelas recentes atuações.

“A questão do Lahm é uma decisão do técnico. Phillip (Lahm) pode ser um excelente meia ou jogar na lateral. Não temos problemas para jogar juntos. Özil pode jogar no centro, na esquerda ou na direita, como já mostrou. Ele sempre foi decisivo e vai ser novamente nesta partida”, destacou.