Sport bate Figueirense, evita degola e ainda conquista vaga na Sul-Americana

  • Por Estadão Conteúdo
  • 11/12/2016 19h51
PE - BRASILEIRÃO/SPORT E FIGUEIRENSE - ESPORTES - O jogador Rogério do Sport comemora gol durante partida entre Sport PE e Figueirense SC, válida pela Série A do Campeonato Brasileiro 2016, na Ilha do Retiro, em Recife (PE), neste domingo (11). 11/12/2016 - Foto: ADEMAR FILHO/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOJogadores do Sport comemoram a permanência na Série A do Brasileirão

Na última rodada da Série A deste ano, o Sport venceu por 2 a 0 o já rebaixado Figueirense, no Recife. Os gols de Rogério e Diego Souza não só mantiveram o time pernambucano na primeira divisão do Campeonato Brasileiro para 2017, como colocaram a equipe na 14.ª posição da tabela, garantindo vaga na Copa Sul-Americana do ano que vem. Os catarinenses terminaram no 18.º lugar, rebaixados com 37 pontos.

Antes da partida, os clubes prestaram homenagem à Chapecoense. Rebaixado, o Figueirense tinha a missão de determinar se Sport ou Internacional seria rebaixado. Mas com a bola rolando na Ilha do Retiro, o Sport mostrou que não ia se entregar fácil. A primeira etapa foi toda da equipe pernambucana, com 81% da posse de bola e oito finalizações. Na melhor chance, Rogério dominou cruzamento da direita e tocou na medida na cabeça de Ruiz, que perdeu embaixo da trave.

O gol só saiu mesmo no início da segunda etapa, com Rogério, logo no primeiro minuto. O meia fintou dois adversários e mandou a bomba para fulminar as redes de Júnior Oliveira.

Aos sete minutos, Diego Souza recebeu dentro da área e bateu para um milagre de Júnior Oliveira. O Figueirense respondeu e finalizou pela primeira vez aos 13, com chute de longe de Bady.

Minutos depois e a torcida rubro-negra levantou para vibrar, mas foi com o gol do Fluminense no jogo contra o Internacional, principal adversário na luta para se livrar do rebaixamento.

Com o resultado favorável, o time da casa tirou o pé e o Figueirense quase fez o seu, aos 28 minutos. Mas foi o Sport que ampliou, aos 43 minutos, com Diego Souza. Gol que garantiu o time na Série A e com direito à vaga na Sul-Americana de 2017.