Spurs atropelam Miami pela 2ª vez e estão a uma vitória do título

  • Por EFE
  • 13/06/2014 03h51
Spurs batem Miami e ficam próximos do título

O San Antonio Spurs, do pivô brasileiro Tiago Splitter, arrasou nesta quinta-feira, pela segunda vez consecutiva, o Miami Heat na American Airlines Arena da Flórida, por 107 a 86, na quarta partida da série de melhor de sete das finais da NBA e poderá levantar o título no próximo jogo no Texas.

Assim como na última partida, Splitter ficou no banco, dando lugar ao francês Boris Diaw, e esteve em quadra por quase 15 minutos, anotando seis pontos, duas assistências e um rebote.

O ala Kawhi Leonard repetiu a boa atuação da última partida e foi o principal nome do time de San Antonio com um double-double de 20 pontos e 14 rebotes. Além de ser o cestinha da equipe, Leonard também fez grande trabalho defensivo com três tocos e três roubadas de bola. O armador francês Tony Parker foi o segundo pontuador da equipe com 19 tentos.

O armador australiano reserva Patty Mills foi o sexto homem com 14 pontos, 12 deles em cestas de três, enquanto o veterano ala-pivô Tim Duncan voltou a ser o principal jogador dentro do garrafão com um double-double de dez pontos e 11 rebotes, dez deles defensivos.

O fator surpresa da equipe texana foi Diaw. O ala-pivô francês chegou perto de um triple-double com oito pontos, nove rebotes e nove assistências.

Pelo Heat, o ala LeBron James foi o principal destaque com 28 pontos, oito rebotes – todos defensivos – e duas assistências. O pivô Chris Bosh foi o segundo cestinha da equipe com 12 pontos, enquanto o ala reserva James Jones chegou aos 11.

O ala-armador Dwyane Wade anotou apenas dez pontos e foi um dos fatores da derrota do Heat, pois teve péssimo aproveitamento ao converter apenas três de 13 arremessos de quadra.

Depois de vencer 11 partidas consecutivas em seu mando de campo durante a fase final, esta é a primeira vez em sua história que o Miami é derrotado em duas partidas seguidas. Com isso, as chances de conquistar pela terceira vez consecutiva o título da liga são pequenas, uma marca atingida pela última vez pelo Chicago Bulls, de Michael Jordan, em 1998.

Os Spurs, assim como no jogo da última terça-feira, foram melhores do início ao fim e chegaram ao intervalo com uma vantagem de 19 pontos (55 a 36).

No segundo tempo, o Heat não esboçou reação e os Spurs venceram outra parcial, 26 a 21, abrindo 24 pontos no marcador a 12 minutos do fim (81 a 57).

No último quarto, o Miami foi um pouco melhor (29 a 26), mas a vantagem era grande demais para que os atuais bicampeões conseguissem sonhar com uma reviravolta.

Com o triunfo de hoje, os Spurs abriram 3 a 1 na série e podem conquistar o quinto título de sua história no próximo domingo, caso vençam o quinto jogo da série em casa, no AT&T Center de San Antonio.