Spurs batem Cavaliers na prorrogação com melhor atuação da carreira de Leonard

  • Por Estadão Conteúdo
  • 22/01/2017 12h40

Kawhi Leonard marcou 41 pontos e foi responsável pela cesta que deu a vitória aos Spurs

Kawhi Leonard marcou 41 pontos e foi responsável pela cesta que deu a vitória aos Spurs

O Cleveland Cavaliers sabia que a terceira semana de janeiro seria importante na NBA. Enfrentaria o Golden State Warriors na segunda-feira e o San Antonio Spurs no sábado, confrontos que podem se repetir na decisão da NBA. Ao tentar demonstrar força contra seus dois principais rivais pelo título, porém, os Cavaliers só perderam. Após serem atropelados pelos Warriors no feriado, no sábado à noite caiu em casa diante dos Spurs, por 118 a 115, em duelo decidido só na prorrogação.

Kawhi Leonard, considerado um dos melhores jogadores defensivos da NBA na temporada, desta vez brilhou no ataque. Com 41 pontos, ele bateu seu recorde pessoal na liga norte-americana de basquete e conduziu o Spurs à vitória. LaMarcus Aldridge ainda ajudou com 16 pontos e 12 rebotes.

A partida foi fundamental para os Spurs ganharem moral. Afinal, foi o primeiro compromisso depois que Pau Gasol operou a mão esquerda, cirurgia que deve tirá-lo de combate por pelo menos um mês. Além disso, Tony Parker também estava vetado pelo departamento médico. Ou seja: a vitória veio sem o armador e o pivô titulares.

Enquanto isso, os Cavaliers jogaram com força máxima. Chegaram a encerrar o primeiro quarto com 11 pontos de vantagem e viram toda essa folga evaporar no início do segundo. Os dois times se revezaram na liderança no restante do jogo, com superioridade dos Spurs, até que LeBron James deixou tudo igual a 34s do fim. Até o estouro do cronômetro, Leonard desperdiçou um ataque e LeBron outro, levando a partida para a prorrogação.

No tempo extra, os Cavaliers até saíram na frente, mas os Spurs foram buscar o empate e a virada, abrindo cinco pontos com uma enterrada de Leonard, a 7s2 do fim. Aí não havia mais o que os donos da casa fazerem.

A vitória foi a 34ª do time de San Antonio, que perdeu nove até aqui, ficando abaixo apenas do Golden State Warriors, que venceu três a mais. Já o Cleveland, líder do Leste, soma 30 vitórias e 12 derrotas. Corre inclusive o risco de perder a ponta para o Toronto Raptors, com uma vitória a menos. Além disso, tem só a quarta melhor campanha geral, pior também que a do Houston Rockets – o que pode tirá-lo um mando de quadra numa eventual final.

O time do Texas, aliás, venceu mais uma no sábado. Após um início oscilante, os Rockets fizeram 119 a 95 no Memphis Grizzlies, fora de casa, recuperando-se do revés para os Warriors na sexta. James Harden fez 29 pontos e deu 10 assistências. Não conseguiu um “triple-double” porque pegou só seis rebotes.

O brasileiro Nenê saiu do banco para jogar por 16 minutos, período em que anotou importantes 12 pontos. Com ele em quadra, o Houston anotou 26 pontos a mais do que sofreu – foi o melhor nesta estatística. Assim como os Spurs, os Rockets também têm 34 vitórias, mas jogou quatro partidas a mais.

Quem também vem em boa fase no Oeste é o Utah Jazz, que venceu a sexta seguida. No sábado a noite, não ficou nunca atrás no placar e venceu o Indiana Pacers por 109 a 100. Raulzinho mais uma vez não foi bem. Jogou por 12 minutos e não anotou pontos. Também não deu assistência. Com 29 vitórias, o Jazz é o quinto da conferência.

Tem campanha idêntica à dos Los Angeles Clippers, que segue fazendo campanha de altos e baixos. Desta vez, a fase é de baixa. A segunda derrota seguida, sábado à noite, foi para o Denver Nuggets, por 123 a 98.

No Leste, o Chicago Bulls conseguiu voltar à zona de classificação, em oitavo, ao ganhar do Sacramento Kings por 102 a 99. A equipe perdia por dois pontos até 36s do fim da partida, mas conseguiu a virada. DeMarcus Cousins, autor de 42 pontos e 14 rebotes pelo Kings, ajudou com um turnover no ataque decisivo. Apesar do triunfo, os Bulls têm campanha negativa, com uma derrota a mais do que o número de vitórias: 23 a 22.

Já Leandrinho não atuou pelo Phoenix Suns na vitória sobre o New York Knicks por 107 a 105, na casa do rival. Carmelo Anthony fez 31 pontos, Derrick Rose outros 26, mas o Knicks seguem muito abaixo do esperado, no 11º lugar do Leste. Foi Anthony, aliás, quem errou o arremesso de três que poderia dar a vitória à franquia nova-iorquina.

Confira os resultados deste sábado na NBA:

Boston Celtics 123 x 127 Portland Trail Blazers
Detroit Pistons 113 x 112 Washington Wizards
Charlotte Hornets 112 x 105 Brooklyn Nets
Atlanta Hawks 100 x 93 Philadelphia 76ers
New York Knicks 105 x 107 Phoenix Suns
Miami Heat 109 x 97 Milwaukee Bucks
Memphis Grizzlies 95 x 119 Houston Rockets
Cleveland Cavaliers 115 x 118 San Antonio Spurs
Denver Nuggets 123 x 98 Los Angeles Clippers
Utah Jazz 109 x 100 Indiana Pacers
Chicago Bulls 102 x 99 Sacramento Kings

Confira a rodada desta segunda na NBA:

Orlando Magic x Golden State Warriors
Dallas Mavericks x Los Angeles Lakers
Toronto Raptors x Phoenix Suns
Minnesota Timberwolves x Denver Nuggets