Spurs vencem OKC em casa na primeira partida das finais do Oeste

  • Por EFE
  • 20/05/2014 05h14
Tim Duncan decide e Spurs saem na frente do OKC em final

O veterano Tim Duncan liderou as ações ofensivas do San Antonio Spurs – que conta com o pivô brasileiro Tiago Splitter – na vitória em casa desta segunda-feira, por 122 a 105, sobre o Oklahoma City Thunder na primeira partida das finais da Conferência Oeste.

Tiago Splitter começou como titular e atuou por quase 19 minutos. O brasileiro esteve discreto na parte ofensiva, com apenas seis pontos, mas foi o principal reboteiro da equipe com oito bolas recuperadas no garrafão, sete delas no campo defensivo.

Duncan se mostrou decisivo ao fornecer 27 pontos, sete rebotes e três assistências, enquanto o ala-armador argentino Manu Ginóbili brilhou como sexto homem da equipe e foi o segundo cestinha com 18 tentos, nove deles no quarto período, incluídas duas cestas de três que foram fundamentais para a vantagem folgada no placar.

O armador francês Tony Parker, recuperado de suas dores musculares, foi o fio condutor das ações ofensivas da equipe de San Antonio com um double-double de 14 pontos e 12 assistências. Completaram a lista de jogadores com números de dois dígitos o ala Kawhi Leonard e o ala-armador Danny Green, com 16 tentos cada.

Pelo Thunder, o ala Kevin Durant foi mais uma vez o destaque com 28 pontos, nove rebotes e cinco assistências, mas acabou sofrendo seis turnovers, do total de 16 que a equipe sofreu e que foram cruciais para a derrota.

O armador Russell Westbrook também se destacou no jogo individual ao conseguir 25 pontos, sete assistências e cinco rebotes, mas também sofreu quatro turnovers.

O veterano Derek Fisher foi o sexto homem do OKC com 16 pontos, incluídas quatro cestas de três, enquanto outro armador, Reggie Jackson, chegou aos 13 tentos e completou a lista de quatro jogadores com números de dois dígitos.

Esta foi a primeira vitória dos Spurs sobre o OKC na temporada, já que os texanos saíram derrotados nas quatro partidas do campeonato regular.

O San Antonio esteve sempre à frente no marcador e foi para o intervalo com uma vantagem de oito pontos (67 a 59), que foi mantida no terceiro período (89 a 82), apesar de o Thunder ter equilibrado o jogo e ameaçado o domínio dos texanos, quando alcançaram o empate (76 a 76) faltando 4min56s para o fim da parcial.

No último quarto, os Spurs foram amplamente superiores ao time de Oklahoma ao conseguir uma vantagem de dez pontos na parcial (33 a 23), com grande atuação de Ginóbili.

A partida também marcou a ausência de Serge Ibaka pelo Thunder, o terceiro homem do “Big Three”, que fez muita falta nas ações defensivas, já que mais da metade dos pontos do San Antonio foram marcados dentro do garrafão adversário.

A vitória deu a o Spurs a vantagem de 1 a 0 na série de melhor de sete. A próxima partida será disputada novamente no AT&T Center, na próxima quarta-feira. EFE