STJD pune Corinthians com perda de mando e multa por briga em clássico

  • Por Jovem Pan
  • 03/10/2014 11h55

Clube será julgado por conta de brigas entre torcedores no clássico contra o São Paulo

Torcida do Corinthians briga durante clássico

O Corinthians foi julgado nesta sexta-feira (03) por conta da briga entre seus torcedores no clássico contra o São Paulo e foi punido com a perda de um mando de campo (terá que jogar a 100 Km de distância da capital), além de uma multa de R$ 50 mil. O lateral Fábio Santos também foi julgado pela expulsão na partida e levou gancho de um jogo, já cumprido na competição.

Os auditores questionaram o clube e afirmaram que eles deveriam saber sobre as rivalidades entre as suas torcidas organizadas para evitar confrontos eminentes. O advogado do Timão, João Zanforlim, defendeu a instituição da responsabilidade de ter que cuidar dos membros das torcidas. Para ele, quem precisa identificar “marginais” é a polícia.

O tribunal cogitou dar pena de portões fechados ao clube alvinegro. A medida foi rebatida pelo advogado, explicando que não havia como dispensar uma renda de R$ 2 milhões.

“Fico muito triste quando se fala em punição com portão fechado. Se ocorrer isso, a melhor coisa a fazer é pegar a chave e entregar na CBF. Como vamos dispensar uma renda de dois milhões? É o fim do futebol”, afirmou.

Como os ingressos para a partida contra o Sport, a próxima na Arena Corinthians, já foram comercializados, o time deve atuar longe de seus domínios no duelo contra o Vitória, no dia 22 deste mês.