Técnico da Alemanha também se espantou com o 7 a 1: “Foi surreal”

  • Por Jovem Pan
  • 08/07/2015 17h50

Joachim Löw aprovou a estreia da Alemanha

AFP Low aprova estreia alemã

A partida entre Brasil e Alemanha, na semifinal da Copa do Mundo de 2014, há exato um ano, não assombrou apenas os brasileiros. Joachim Löw, técnico do alemães, em entrevista ao site da federação de seu país, usou a palavra “surreal” para definir o sentimento de ir ao intervalo goleando por 5 a 0.

“Penso, claro, no intervalo. Quando o primeiro tempo acabou, foi um tanto surreal para nós, que estávamos vencendo por 5 a 0. Naturalmente, não tínhamos previsto isso antes. Penso também na situação depois do jogo, que me impressionou muito, quando os fãs brasileiros, duramente atingidos na sua alma futebolística, nos escoltaram, alegrando-se conosco, nos congratulando. Comportaram-se como grandes anfitriões, demonstrando um grande respeito pelo adversário”, disse o treinador campeão do mundo.

Além disso, Löw comentou o ponto fraco do Brasil, em cima do qual treinou seu time. “Já tínhamos reparado que, no ataque, o Brasil tinha uma força enorme, com muita substância, porém, que na defesa também tinha uma louca tendência de perder a bola. Trabalhamos isso exaustivamente, preparamos nosso time para isso e o mais importante também foi a preparação para mostrarmos nossas próprias forças”, analisou.

Naquela partida, a Alemanha venceu por 7 a 1, com cinco gols marcados no primeiro tempo, sendo quatro deles em um intervalo de menos de sete minutos. Na final, a seleção germânica venceu a Argentina na prorrogação, com gol de Mario Gotze, e se tornou tetracampeã mundial.