Thiago Silva diz que joelhada de Zúñiga em Neymar foi “covarde”

  • Por Agencia EFE
  • 07/07/2014 20h35

Belo Horizonte, 7 jul (EFE).- O zagueiro Thiago Silva considerou fora do normal a joelhada de Camilo Zúñiga em Neymar na partida entre Brasil e Colômbia pelas quartas de final da Copa do Mundo, que provocou uma fratura em uma vértebra da lombar do camisa 10.

“Neymar ficou fora da Copa do Mundo por causa de uma entrada um pouco covarde. Algumas pessoas entendem que foi um lance normal, mas eu sou zagueiro, teoricamente, sei como marcar. Aquele tipo de marcação não existe”, argumentou Thiago Silva, que não poderá jogar amanhã, por estar suspenso, contra a Alemanha, pelas semifinais.

No entanto, o jogador se disse convicto de que sua participação “não terminou no Mundial. Quando Luiz Gustavo ficou fora das quartas de final, disse que a equipe ia jogar para ele. Tenho certeza que agora estão pensando isso de mim”, disse. 

“Muitas coisas vão fazer parte do grupo. Minha ausência, a ausência de Neymar. As condições são diferentes, mas isso serve para reforçar a equipe”, declarou o jogador do Paris Saint Germain.

Thiago Silva também afirmou considerar sua ausência como injusta.

“Em nenhum momento eu quis tirar a bola do goleiro. Eu estava com cartão amarelo, eu não sou um juvenil, estava evitando fazer falta por causa do amarelo”, justificou-se. EFE