Thiem aplica “pneu”, vence Djokovic e faz semifinal com Nadal em Roland Garros

  • Por Estadão Conteúdo
  • 07/06/2017 09h33

Esta foi a primeira vitória de Dominic Thiem sobre Djokovic

Esta foi a primeira vitória de Dominic Thiem sobre Djokovic

O austríaco Dominic Thiem e o espanhol Rafael Nadal vão se enfrentar em uma das semifinais de Roland Garros. Nesta quarta-feira, o número 7 do mundo despachou o sérvio Novak Djokovic, o atual campeão do Grand Slam parisiense em três sets, incluindo um “pneu” na última parcial, enquanto Nadal ficou pouco tempo em quadra, pois o compatriota Pablo Carreño Busta abandonou o confronto ainda na segunda parcial. 

Com uma grande atuação, Thiem superou Djokovic, o número 2 do mundo, por 3 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5), 6/3 e 6/0, em 2 horas e 15 minutos, na quadra Suzanne Lenglen do complexo de Roland Garros, nesta quarta-feira.

Esta foi a primeira vitória de Thiem sobre Djokovic, para quem havia perdido as cinco partidas anteriores. E o resultado classificou o austríaco para as semifinais de Roland Garros pela segunda vez consecutiva – no ano passado, ele perdeu exatamente para o sérvio. 

Agora, além de ter eliminado Djokovic, Thiem avança às semifinais em Paris sem ter perdido sequer um set. No primeiro do duelo desta quarta, o austríaco ficou na frente ao conseguir uma quebra de saque no terceiro game, mas permitiu que o sérvio reagisse, fazendo 4/2. Mas aí foi a vez de Thiem se recuperar, igualar o placar e forçar a realização do tie-break, quando se deu melhor. 

Embalado por estar em vantagem, Thiem começou o segundo set com tudo, abrindo 3/0 com um break convertido no segundo game. Na frente do placar, o austríaco atuou com tranquilidade e confiança para sustentar a situação favorável até fechar a parcial em 6/3. 

Solto em quadra, Thiem sobrou no terceiro set. O austríaco cometeu poucos erros e se aproveitou da apatia de Djokovic para definir a parcial em apenas 20 minutos, não permitindo que o atual campeão de Roland Garros confirmasse o seu saque sequer uma vez, aplicando um “pneu” para avançar em Paris. 

Nadal está em busca do seu décimo título em Roland Garros e se classificou pela décima vez às semifinais do torneio. O número 4 do mundo liderava, nesta quarta-feira, o seu duelo com Carreño Busta, o 21º colocado no ranking, por 6/2 e 2/0 quando o compatriota abandonou a quadra com problemas abdominais. 

Assim, Nadal ficou apenas 50 minutos em quadra nas quartas de final diante de Carreño Busta, que vinha de uma grande vitória na fase anterior em Roland Garros, sobre o canadense Milos Raonic, em duelo que durou mais de quatro horas. 

Nesta quarta-feira, porém, não ofereceu qualquer resistência a Nadal, que abriu 5/1, com duas quebras de serviço. O eneacampeão de Roland Garros ainda perdeu o seu saque na sequência, adiando a definição do primeiro set, o que aconteceu no game seguinte, quando converteu mais um break point. 

Antes do início do segundo set, Carreño Busta recebeu atendimento médico. De volta à quadra, perdeu os dois primeiros games da parcial e ao errar um smash no início do terceiro e decidiu abandonar o duelo, recebendo o consolo de Nadal. 

Assim, Nadal também se classificou às semifinais de Roland Garros sem perder sequer um set – no total, só foi batido em 22 games. E agora o espanhol tentará ampliar a sua vantagem no confronto direto com Thiem, contra quem soma quatro vitórias e duas derrotas. Nesta temporada, o espanhol se deu melhor nas finais do Masters 1000 de Madri e do Torneio de Barcelona, tendo sido eliminado pelo austríaco no Masters 1000 de Roma. 

As semifinais de Roland Garros estão agendadas para a próxima sexta-feira. E os outros dois duelos das quartas de final – Andy Murray x Kei Nishikori e Stan Wawrinka x Marin Cilic – serão disputados ainda nesta quarta.