Tite evita falar de planejamento para 2016 e aponta o melhor técnico do Brasileirão

  • Por Jovem Pan
  • 27/11/2015 19h35
SÃO PAULO,SP,26.11.2015:TREINO-CORINTHIANS-FUTEBOL - O técnico Tite durante treino do Corinthians no CT Joaquim Grava, zona leste de São Paulo (SP), nesta quinta-feira (26). A equipe se prepara para enfrentar o Sport em partida válida pela Série A do Campeonato Brasileiro de 2015. (Foto: Rodrigo Gazzanel/Futura Press/Folhapress)Tite disse só pensar em curtir o momento e evitou falar em reforços para a próxima temporada

Com a temporada perto do fim (restam apenas dois jogos para serem disputados no Campeonato Brasileiro), Tite não quer pensar em 2016. Em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira (27), o técnico do Corinthians evitou falar no planejamento para 2016 e afirmou que pretende descansar primeiro.

“A primeira reação é curtir o momento. O presidente falou que não tínhamos nem noção do quanto de emoção foi passado ao longo do campeonato. Então agora eu, enquanto Adenor, quero aproveitar este momento. Para dar um salto de qualidade, o Corinthians precisa ficar com o máximo de atletas para 2016”, disse Tite. Para ele, é difícil falar sobre repetir o ano de 2012 e conquistar novamente a Libertadores e o Mundial de Clubes.

“Vai depender da manutenção do elenco e do padrão quando retornarmos de férias. E de crescimento também. Precisaremos crescer a partir da retomada de padrão. Senão fica só vendendo ilusão. Esse time jogou, venceu e encantou um monte de vezes, com exceção à Copa do Brasil”, pregou. Tite ainda apontou qual considera ser o melhor técnico do Campeonato Brasileiro, com exceção dele mesmo.

“O Roger (Machado, do Grêmio), por estilo, conhecimento, atualização, modernidade, conduta pessoal, fala o que faz, faz o que fala, é coerente. Sou suspeito para falar, foi meu atleta. O (ex-técnico do Sport e agora do Fluminense, Eduardo) Baptista também fez um bom trabalho”, analisou o corintiano.