Top 7 Jovem Pan: quais foram os dribles mais humilhantes do Brasileirão?

  • Por Jovem Pan
  • 11/12/2015 11h53
SÃO PAULO, SP, 30.08.2015: PALMEIRAS-JOINVILLE - Gol de Gabriel Jesus - Partida entre Palmeiras e Joinville, válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro de Futebol 2015, no Allianz Parque, em São Paulo (SP). (Foto: Luis Moura/WPP/Folhapress)Gabriel Jesus marcou duas vezes e garantiu a vitória do Palmeiras sobre o Joinville no Allianz Parque

O Campeonato Brasileiro acabou, e a Jovem Pan relembra os lances mais marcantes da competição que terminou com o hexacampeonato do Corinthians. Nesta sexta-feira, você confere os sete dribles mais humilhantes na opinião da nossa equipe de esportes.

Nenê (Vasco) em cima de Barrios (Palmeiras)

O Vasco acabou caindo, mas a vitória por 2 a 0 sobre o Palmeiras na 34ª rodada deu esperanças aos cruzmaltinos. E além do triunfo, ainda teve esse lance desmoralizante de Nenê em cima de Lucas Barrios.

Renato Augusto (Corinthians) em cima de Luan (Atlético-MG)

A vitória por 3 a 0 do Corinthians em cima do Atlético-MG, na 33ª rodada, fez o time de Tite disparar rumo ao título. A festa foi completa com essa lance de Renato “Caneta” Augusto contra a marcação de Luan.

Walter (Atlético-PR) em cima de Centurión (São Paulo)

O Atlético-PR venceu o São Paulo por 2 a 1 pela 10ª rodada, mas o lance que realmente levantou a torcida na Arena da Baixada foi esse chapéu com a bola no chão de Walter. Centurión não entendeu nada.

Gabriel Jesus (Palmeiras) em cima de Fred (Goiás)

Sabe o golaço de Neymar contra o Villarreal? Gabriel Jesus quase fez igual na 22ª rodada, contra o Goiás, aplicando um chapéu de costas no zagueiro Fred. Mas a finalização saiu por cima, e o Palmeiras perdeu o jogo por 1 a 0.

Dátolo (Atlético-MG) em cima de Pará (Flamengo)

A goleada por 4 a 1 do Atlético-MG em cima do Flamengo, na 27ª rodada, foi fechada com essa pintura de Dátolo, que também poderia estar entre os gols mais bonitos. O drible entre as pernas de Pará foi inesperado e humilhante.

Geuvânio (Santos) em cima de Rodrigo (Vasco)

Geuvânio balançou, chamou para dançar e colocou a bola entre as pernas de Rodrigo nesse lindo lance durante a vitória do Santos por 1 a 0 sobre o Vasco, na Vila Belmiro. O jogo valeu pela 18ª rodada.

Pato (São Paulo) em cima de Luan e Guiñazu (Vasco)

Para fechar, um chapéu duplo de muita categoria de Alexandre Pato em cima dos volantes vascaínos Luan e Guiñazu. O São Paulo massacrou o Vasco por 4 a 0 na partida válida pela 12ª rodada.

Para o Mauro Beting, o drible que terminou em golaço de Dátolo foi o melhor do Brasileirão. E para você?